Prefeitura esclarece a sindicato termos do decreto que suspende contrato de professores

Da Redação  

A Prefeitura Divinópolis realizou uma reunião no Centro Administrativo, na tarde desta quarta-feira, 29, com os representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município de Divinópolis (Sintemmd), Secretaria Municipal de Educação (Semed), Procuradoria-Geral do Município e Secretaria Municipal de Administração, Orçamento, Informação, Ciência e Tecnologia (Semad), na qual foram esclarecidos alguns pontos do Decreto Municipal nº 13.767. Principalmente a previsão contida no art. 9º do referido Decreto, que dispõe sobre a suspensão dos contratos cujos serviços não sejam efetivamente prestados.

— Tal artigo produz efeito somente a partir da data de sua publicação. Assim sendo, os pagamentos dos servidores ficam assegurados até o dia 26/04, data anterior à da suspensão dos contratos temporários — informou a Prefeitura.

— A Semed em parceria com a Diretoria de Tecnologia está desenvolvendo uma plataforma de atividades on-line, com uma sistemática de trabalho compatível com as circunstâncias trazidas pela pandemia da covid-19. Uma parcela considerável desses servidores poderá ser convocada retomando, assim, o contrato — acrescentou. 

Segundo o diretor de Administração, Wilson Novais Júnior, o Sintemmd e a Secretaria Municipal de Educação atuarão juntos na construção desse novo modelo educacional.

— Nosso objetivo é priorizar a qualidade na Educação Municipal sem se esquecer da compatibilização dos serviços prestados com as cautelas exigidas no combate ao novo coronavírus — finaliza.

 

Comentários
×