Prefeitura de Divinópolis silencia sobre troca de voto por obras

 

Pollyanna Martins  

A Prefeitura de Divinópolis se negou a comentar as declarações do vereador Ademir Silva (PSD), feitas na reunião ordinária de terça-feira, 22. Durante discurso, o parlamentar admitiu que vota a favor em projetos de lei de interesse da Prefeitura em troca de obras na sua região. 

O vereador reclamou que não estava sendo atendido pelo Poder Executivo em algumas demandas. Em alguns trechos do pronunciamento, ironizou os votos dados a projetos de lei que beneficiavam a Prefeitura.  

— Eu acho que está tendo algum problema lá com o vereador. O vereador não deve estar votando aqui com o prefeito não. Vereador deve estar votando contrário — alfinetou. 

Em outro momento, o parlamentar citou uma solicitação feita à Prefeitura para a retirada de entulho da rua Jarbas do Amaral, no bairro Casa Nova, deixado pela administração passada, porém o pedido não foi atendido pelo Poder Executivo.  

Durante o desabafo, o vereador revelou ainda que o Poder Executivo fez o patrolamento da mesma rua, em uma área onde uma imobiliária está construindo casas, e não atendeu mais uma vez a sua solicitação.  

— [A Prefeitura] não atendeu o vereador. Eu gostaria de saber se o dono da imobiliária vai votar aqui, vai dar o “sim” ou o não “aqui” — desafiou. 

 Silêncio  

Agora questionou a Prefeitura sobre como era feita essa parceria entre o prefeito Galileu Machado (MDB) e os vereadores; se somente as regiões representadas pelos vereadores da base do prefeito na Câmara recebiam melhorias; e se as demais regiões de Divinópolis recebiam melhorias, mas só depois das representadas pelos parlamentares. A Prefeitura se limitou a dizer, em nota, que não comenta discursos de vereadores. 

 

 

Comentários
×