Prefeitura de Divinópolis proíbe acesso a mídias sociais

Ricardo Welbert

Os servidores da prefeitura de Divinópolis estão proibidos de usar, durante o trabalho, celulares, tablets e outros aparelhos eletrônicos com acesso a mídias sociais como Facebook e Instagram e a aplicativos de mensagens como WhatsApp, Messenger e Viber. A decisão foi publicada ontem no “Diário dos Municípios Mineiros”.

De acordo com a secretária de Administração, Orçamento e Informação, Raquel de Oliveira Freitas, o uso excessivo de celulares e outros dispositivos para acessar redes sociais e conversar por meio de aplicativos causa prejuízos à produtividade dos servidores.

— É dever da administração zelar pela otimização dos serviços públicos, buscando o melhor funcionamento dos órgãos pelo menor custo operacional — diz.

O texto da portaria, que entrou em vigor na data da publicação, proíbe o uso das tecnologias de comunicação durante o expediente dentro das repartições municipais.

— O uso de celulares ou qualquer outro equipamento eletrônico será permitido apenas em situações emergenciais e em situações que mantenha relação direta com o trabalho desempenhado [como a Diretoria de Comunicação, responsável pela atualização das mídias sociais da Prefeitura], desde que autorizado pelo responsável — acrescenta. 

Povo 

Os cidadãos também ficam proibidos de usar o celular durante o atendimento realizado nos órgãos municipais, devendo o servidor atendente recusar o atendimento do cidadão que descumprir a orientação. Deverá ainda ser afixado um cartaz com o aviso: “Por favor, desligue o celular ao ingressar nesta unidade”. 

Punição 

Os servidores que descumprirem o previsto na portaria serão advertidos. Em caso de reincidência, será instaurado um processo administrativo disciplinar, com sujeição às punições estabelecidas no “Estatuto dos Servidores Públicos municipais”.

 

Comentários
×