Prefeitura de Divinópolis nomeia novo Conselho do Patrimônio Cultural

Da Redação 

A Prefeitura de Divinópolis, por meio do decreto 13.302/2019, nomeou membros do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural (Compac). O decreto foi publicado na sexta-feira, 14, no Diário Oficial dos Municípios.

O novo conselho é constituído por 12 participantes, com quatro componentes de poder público, sendo as secretarias de Educação, de Cultura, e de Planejamento Urbano e Meio Ambiente, além da Diretoria Municipal de Educação e o Conselho Municipal de Patrimônio histórico, Artístico e Paisagístico de Divinópolis.

O Centro de Memória da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg), campus de Divinópolis, e o Grupo de Representantes do Curso de História da mesma universidade contam com a presença de um represente no conselho.

A Federação das Associações de Moradores de Bairros e Conselhos Comunitários Rurais de Divinópolis (Fambaccord), assim como o Sindicato das Indústrias de Construção Civil do Centro-Oeste Mineiro (Sinduscon-CO) também marcam sua representatividade.

A importância de membros do âmbito social é afirmada, também, pela presença das Irmandades ligadas às festas de Reinado e à Cultura afro-brasileira no município e pela Diocese de Divinópolis.

O secretario municipal de Cultura, Gustavo Mendes, afirma que a nomeação é de extrema importância para o município.

— O Compac ajuda muito no desenvolvimento da cultura municipal. Ele aprova os projetos que irão modificar a estrutura da cidade e é um atrativo para as empresas, pois podem propor intervenções públicas em Divinópolis — ressalta.

Comentários
×