Prefeitura de Divinópolis define trajeto do pré-carnaval

 

Da Redação

Divinópolis será sede de um dos melhores pré-carnavais do interior de Minas. A festa, que vem se firmando na cidade nos últimos anos, acontecerá mais uma vez no fim de semana antes da festa oficial: 23 de fevereiro. A expectativa é de que os blocos levem 80 mil pessoas às ruas da área central. A folia acontece sem nenhum tipo de custo para os cofres públicos, graças ao formato de parceria adotado pela Prefeitura junto aos blocos. O trajeto do desfile dos blocos foram definidos. 

— A primeira condição que colocamos para a realização do pré-carnaval neste ano foi que ele acontecesse com custo zero para a Prefeitura. Sabemos da expectativa de toda a população para brincar o carnaval, mas a condição financeira do Município não permite investimentos assim. Teríamos que tirar dinheiro de atividades essenciais, como saúde e obras, e isso não iremos fazer — destaca o prefeito de Divinópolis, Galileu Teixeira Machado.

Segundo ele, pelo formato adotado, os blocos estão criando o próprio caixa com atividades internas e patrocinadores.

— Esses recursos serão usados para bancar a festa, inclusive com o pagamento de despesas que teremos, como o recolhimento do lixo e sinalização de trânsito, por exemplo — ressalta o prefeito.

A coordenação da festa ficará a cargo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, com apoio de outras pastas, entre elas, Trânsito e Serviços Urbanos.

— O pré-carnaval continua na área central da cidade, mas com alguns ajustes para dar mais dinamismo aos desfiles — esclarece o secretário José Alonso Dias, responsável pelo evento.

A expectativa é de que, além dos divinopolitanos, a cidade receba milhares de foliões de outras cidades da região.

— Por isso tanta preocupação e cuidado na organização do pré-carnaval. Existe uma logística de trânsito, limpeza, fiscalização e segurança que precisa ser observada — destaca o secretário.

As reuniões para tratar do tema começaram no ano passado. Além da equipe multidisciplinar da Prefeitura, participaram dos encontros representantes das forças de segurança e dos blocos participantes.

Interdição de Vias

Técnicos da Secretaria Municipal de Trânsito já apresentaram um projeto definindo as ações a serem implementadas, que repetirão o sistema usado em 2018, com alterações pontuais. Assim, o trânsito no perímetro entre as ruas Minas Gerais e Divino Espírito Santo e 7 de Setembro e 1º de Junho será fechado à zero hora do sábado, 23. Só será permitido o trânsito local e de viaturas e veículos credenciados e de segurança. A interdição só será desmobilizada a partir das 21 horas de sábado.

Outra preocupação é com a limpeza das vias. Para o domingo, 24, será montada uma operação de guerra para garantir a limpeza de toda a área. Além da varrição e coleta de lixo, está programada a utilização de caminhões-pipa com material apropriado para esse tipo de trabalho. Agentes da Secretaria de Meio Ambiente e Cadastro também atuarão durante todo período de festa. 

Blocos

Dois blocos já confirmaram a participação: Haja Amor e Bloco do Cléo. A expectativa é de que estes possam também receber a adesão de outros grupos. Foram definidos dois locais de concentração. Na Praça do Mercado, a programação do Bloco do Cléo começará às 10 horas. Às 13h30, os foliões sairão pela Avenida Antônio Olímpio de Morais até próximo ao Prédio dos Correios, quase esquina com rua Rio de Janeiro. De lá o bloco retorna para a Praça do Mercado.

Já o Bloco Haja Amor terá suas atividades a partir das 16 horas, na avenida 21 de Abril, esquina com rua João Notini. De lá, o grupo seguirá pela avenida 21 de Abril até a rua São Paulo, vira em direção à 7 de Setembro e termina o desfile na 7 de Setembro com rua Minas Gerais. A programação específica de cada bloco já está disponível nas redes sociais de cada um deles.

Comentários
×