Prefeitura de Divinópolis define estratégias para prolongar serviços na escassez de combustível

Da Redação

A Prefeitura de Divinópolis divulgou na tarde desta sexta-feira, 25, que acompanha "atentamente" o desenrolar do movimento de paralisação dos caminhoneiros com objetivo de garantir o atendimento aos divinopolitanos no que se refere aos serviços prestados pelo Município. A administração garante o estoque pleno de combustíveis para o atendimento aos veículos da Prefeitura.

— Hoje a Secretaria de Saúde confirmou o empréstimo de mil litros de óleo diesel ao Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste para Gerenciamento dos Serviços de Urgência e Emergência (Cis-Urg), gestor do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que garantirá o funcionamento do serviço por uma semana, prazo para o qual também está garantido o estoque de combustíveis da própria secreteria. Porém, na Saúde há outra preocupação: a garantia do deslocamento dos veículos que transportam pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) e que têm atendimento agendando em outros municípios. O monitoramento tenta evitar que fiquem parados nos bloqueios — diz o governo.

De maneira geral, completa, a otimização do consumo de combustíveis implantada pela atual administração tem garantido os serviços. A maior preocupação neste momento é com os serviços terceirizados, como o transporte coletivo, que, segundo os gestores, tem uma previsão de funcionamento até a próxima segunda-feira, 28.

— E também com a coleta do lixo. De acordo com a empresa responsável, alguns bairros já não tiveram coleta nesta sexta-feira. Nestes casos específicos, porque os caminhões teriam que passar por rodovias e corriam o risco de ficar presos nos bloqueios. No restante da cidade, o recolhimento continuará normal até o início da próxima semana — pondera.

Ainda segundo a Prefeitura, um grupo gestor com representantes de várias secretarias municipais acompanha de perto o desenrolar dos fatos e, mesmo no fim de semana, estará se reunindo para definir qualquer ação necessária para garantir o atendimento aos cidadãos divinopolitanos ou, caso necessário, anunciar qualquer outra medida.

Comentários
×