Prefeitura de Divinópolis dá continuidade ao processo de exumação de restos mortais do Cemitério da Paz

As famílias terão a opção de ressepultar os restos mortais em ossário que será construído em um local seguro no Cemitério da Paz ou o ressepultamento no Cemitério Parque da Serra.

Da Redação

A Prefeitura de Divinópolis informa que, neste sábado, 10, iniciará  a exumação dos restos mortais de 47 túmulos localizados no Cemitério da Paz, no Centro, atingido pelo desmoronamento em 31 de janeiro de 2020, resguardando o amparo e o direito à memória das pessoas atingidas.

A decisão levou em consideração o projeto da obra, apresentado pela empresa  responsável da obra que provocaram o incidente que apresentou projeto de engenharia, da retirada dos restos mortais soterrados e da reconstrução do muro e do cemitério. Desta forma, os 47  jazigos serão exumados para garantir a segurança na execução do projeto sem risco de novo acidente.

As famílias terão a opção de ressepultar os restos mortais em ossário que será construído em um local seguro no Cemitério da Paz ou o ressepultamento no Cemitério Parque da Serra. Caso o responsável pelo jazigo não concorde com as duas propostas, poderá negociar outra alternativa de transferência com o a empresa responsável pelo acidente.  

O processo de exumação e transporte dos restos mortais será executado pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (Semsur). As obras e o processo de transferência dos restos mortais serão integralmente custeados pelos empreendedores responsáveis pela obra. 

A Prefeitura  informa que familiares responsáveis pelos jazigos na área de risco que tenha qualquer dúvida podem também entrar em contato com a Semeur.

O prazo estipulado pela Prefeitura para a finalização das obras do muro de contenção do Cemitério da Paz é até setembro.

Comentários
×