Prefeitura de Divinópolis apresenta estudo que subsidiará desdobro do cartório de registro de imóveis

O estudo apresentado objetiva subsidiar o TJMG na definição das áreas de delimitação de cada serventia, de modo que elas disponham de condições socioeconômicas mais similares possíveis.

Da Redação

Foi realizada, na tarde desta quinta-feira, 9, no Centro Administrativo da Prefeitura de Divinópolis, uma apresentação elaborada pela equipe técnica designada para auxiliar o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) no desdobro da circunscrição cartorial. O estudo apresentado objetiva subsidiar o TJMG na definição das áreas de delimitação de cada serventia, de modo que elas disponham de condições socioeconômicas mais similares possíveis. Para o estudo foram utilizadas ferramentas modernas de georreferenciamento, bem como os resultados da atualização da Planta Genérica de Valores.

A vice-prefeita, Janete Aparecida (PSC), acompanhou toda a apresentação e contribuiu com a demonstração das delimitações. Ela também reforçou o comprometimento e a disposição da equipe municipal em auxiliar no que for necessário o desmembramento do cartório.
 
Segundo o secretário de Fazenda, Gabriel Vivas, responsável pela intermediação dos estudos com o Tribunal de Justiça, a apresentação ocorreu de modo singular, com técnicas notáveis de georreferenciamento e metodologia acertada, elogiada pelos juízes do TJMG.
 
Também estiveram presentes o secretário de Meio Ambiente, Pabloneli Vidal; o Diretor de Políticas Urbanas, Willian de Araújo; Délcio Marques do Carmo e os juízes da Corregedoria-Geral da Justiça, superintendentes adjuntos dos Serviços Notariais e de Registro, Paulo Roberto Maia Alves Ferreira e Roberta Rocha Fonseca.

Comentários
×