Prefeitura de Divinópolis abre processo administrativo contra gestão da UPA

Objetivo é apurar possíveis irregularidades nos serviços prestados pelo instituto

Da Redação

A Prefeitura de Divinópolis abriu, nesta segunda-feira, 14, um processo administrativo contra o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento (IBDS), responsável pela gestão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA)

Segundo o comunicado de abertura do processo, o mesmo se destina a apurar possíveis irregularidades nos serviços prestados pelo instituto, constatadas pela Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Divinópolis.

A contratação da IBDS foi concluída em 2019, após o processo licitatório e a concorrência pública também no mesmo ano. A empresa tem a missão de gerenciar a UPA Padre Roberto no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

O processo administrativo prevê a apuração na contratação, inconsistência nas prestações de contas e prestação inadequada dos serviços.

A Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Divinópolis verificou irregularidades e, em 8 de junho, o Hospital de Campanha da UPA Padre Roberto ficou impedido de receber novas internações. No sábado, 12, a IBDS regularizou a situação substituindo os compressores responsáveis pelo envio do oxigênio e também foi realizado o reparo da rede de gases que estava com vazamento. A IBDS também aumentou as bombas de infusão de medicamentos que estavam insuficientes. A Vigilância em Saúde vistoriou e liberou a volta das internações.   

A Vigilância em Saúde realizará visitas periódicas ao Hospital de Campanha para evitar possíveis irregularidades.

Comentários
×