Prefeitura de Bom Despacho estuda afastamento da Copasa

Da Redação

Em 2017, o prefeito de Bom Despacho Fernando Cabral encaminhou à Câmara um Projeto de Lei que autorizava que o Município criasse sua própria empresa de abastecimento para afastar a Copasa da cidade.

Semana passada, após quase dois anos, a Câmara autorizou a criação da empresa. A Lei 2.683 foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira, 4. Com isso, o Município retomará os estudos para o eventual afastamento da Copasa.

— Por falta de investimento, em 2017 a Copasa deixou o bom-despachense sem água. Milhares de famílias não tinham como tomar banho e preparar suas refeições. Lavar roupa, casa e carro nem pensar — informou a Prefeitura.

— Além disto, a concessionária vinha maltratando a cidade de forma continuada com suas obras de recomposição de asfalto. Praticamente todas as ruas de Bom Despacho sofreram, e ainda sofrem, com serviço de má qualidade. A coleta e tratamento de esgoto não é diferente. Apesar das duas estações de tratamento estarem funcionando, até hoje o serviço deixa a desejar —  finalizou a Prefeitura.

Comentários
×