Prefeitura convoca médicos aprovados no concurso

 

Da Redação

A Prefeitura de Divinópolis nomeou, ontem, 16 médicos aprovados no concurso realizado no ano passado. A nomeação foi publicada no Diário Oficial dos Municípios Mineiros, por meio do Decreto 13.180/2019. Todos os convocados foram designados para a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

Foram nomeados os clínicos geral Rodolfo Monteiro Barbosa, Lilian Guimarães de Faria, Flavio Augusto de Morais e Thaius Sonali de Souza Barreto.

A Prefeitura chamou ainda, outros dez aprovados para o cargo de médico generalista PSF, sendo eles: Débora de Moura Fernandino, Betania Teixeira Cristelli, Renan Ferreira, André Reis Chaves, Alexandre de Figueiredo Ferreira, Vanessa Machado Ferreira, Samuel Calixto da Silva, Najila Aelida Oliveira Viana, Maria Angélica Rios e Lorena de Oliveira. Já para o cargo de médico psiquiatra foram nomeados Demétrius de Luna Lopes Benevidas e Maria Clotilde Lima Bezerra de Menezes.

De acordo com a assessoria de imprensa do Executivo, os profissionais foram nomeados para suprir os médicos que deixaram o programa do governo federal “Mais Médicos” na cidade. Ainda segundo o Executivo, não há previsão de quando outros aprovados serão nomeados para seus cargos.

Mais Médicos

No dia 28 de fevereiro, a Prefeitura informou por meio de nota, que aguardava a reposição de oito médicos no programa. Segundo o Poder Executivo, dos 18 médicos estrangeiros que chegaram à cidade no fim de 2018, oito haviam deixado o “Mais Médicos” no início deste ano. As unidades de saúde afetadas pela defasagem dos profissionais foram: Candidés, Ermida II, Campina Verde, Nova Holanda, Niterói, Afonso Pena, Itaí, CSU, Central e Nações.

Em nota, a Prefeitura informou que “Os médicos recém-formados que vieram para Divinópolis já haviam feito provas para residência, recentemente foram aprovados e optaram, de maneira repentina, pelo desligamento do programa”. Ainda de acordo com o Poder Executivo, “O município está empenhado em resolver esta situação o mais breve possível”.

Concurso

O prefeito Galileu Machado (MDB) homologou o concurso no dia 11 de fevereiro, após um impasse com o Ministério Público (MP). Ao todo, 26.542 se inscreveram para o concurso, com diversos cargos. Mais de 641 pessoas se inscreveram no edital 02/2017, para o cargo de agente comunitário de saúde.

Em nota, o Executivo informou que “as nomeações para os cargos abrangidos seguirão as necessidades de atendimento do interesse público e, primordialmente, dentro das forças financeiras dos cofres municipais”.

Comentários
×