Prefeitura confirma pagamento dos serviços médicos da UPA

 

Da Redação

O vice-prefeito de Divinópolis, Rinaldo Valério (PV), e o secretário municipal de Saúde, Rogério Barbieri, afirmaram nesta terça-feira, 14, em entrevista coletiva, que o governo efetuou o pagamento atrasado dos serviços médicos à Santa Casa de Formiga, responsável pela administração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Padre Roberto.

Ainda segundo a Prefeitura, a expectativa é de que na próxima quarta-feira, 22, seja quitada a nota referente aos serviços prestados.   

Barbieri explicou que a UPA tem 345 servidores. Desse total, entre médicos, enfermeiros, atendentes e outros, 160, ou seja, 46%, são servidores públicos municipais e estão com os salários rigorosamente em dia.

Dos 185 funcionários da Santa Casa de Formiga, gestora da UPA, 127 estão com os salários em dia. O número de servidores que não receberam é de 58.

Neste número estão incluídos os 12 servidores que atuam na UPA com dois contratos: um pelo município e outro pela Santa Casa. É importante ressaltar que nestes 12 casos, o salário referente ao município está em dia.

Barbieri lembrou que o Governo de Minas deixou de passar até o momento R$ 2 milhões ao Município, referentes ao custeio da UPA.

O secretário confirmou que o município está empenhado em resolver a situação. No entanto, a Prefeitura depende dos recursos estaduais.

— Dos recursos do Estado estamos completando 16 parcelas em atraso. Estamos trabalhando exaustivamente para recolher recursos e modificar algumas diretrizes para acertar essas folhas de pagamentos em atraso — afirmou Barbieri.

O vice-prefeito disse que o município cobra o repasse, mas o Governo de Minas, com 16 parcelas atrasadas, não tem previsão de pagar.

— Se o governo estadual estivesse em dia com a Prefeitura, não estaria nada atrasado na UPA. O Estado não tem dinheiro que era destinado à UPA. No nosso mandato ainda não vimos o dinheiro — afirmou.  

Outra questão destacada foi o repasse da União. O vice-prefeito explicou que os recursos provenientes do governo federal atrasaram neste mês e não foi possível repassar os recursos para Santa Casa de Formiga acertar com os médicos. 

— A UPA é tripartite: União, Estado e Município que sustentam a unidade e todos precisam contribuir para funcionar. Tínhamos um acordo com os médicos, mas o governo federal não passou os recursos e por isso atrasamos. Agora o dinheiro da União será liberado em três úteis e vamos pagar até quarta-feira. Temos um acordo para não atrasar mais e começar janeiro com tudo acertado — destacou Rinaldo Valério.

Atendimento

Para atender a população desassistida pela paralisação de alguns médicos da UPA, a Prefeitura de Divinópolis vai abrir quatro unidades de saúde nesta quarta-feira, 15, feriado da Proclamação da República. Funcionam no horário normal as unidades de saúde do Niterói, São José, Afonso Pena e Central.

Comentários
×