Prefeitura cobra agilidade da Copasa na recomposição do asfalto

Da Redação

A Prefeitura de Divinópolis solicitou agilidade da Copasa na recomposição do asfalto nos locais de manutenção da rede de esgoto e água realizada pela empresa de saneamento. Em um encontro, na manhã desta segunda-feira, 26, no Centro Administrativo, o prefeito de Divinópolis, Gleidson Azevedo e a vice-prefeita, Janete Aparecida, cobraram empenho do superintendente regional da Copasa, João Martins, para resolver a situação.

O prefeito destacou o problema crônico da recomposição de valas e buracos abertos para manutenção e não fechados pela empresa.

— São reclamações diárias sobre a quantidade de buracos deixados. Solicitamos do representante da Copasa rapidez para tapá-los. Não podemos deixar dessa forma. Esperamos que depois deste encontro a Copasa faça sua parte — disse o prefeito.

O representante da Copasa informou que grande parte dos buracos é do acumulado de 2020. Neste período, a Copasa não tinha uma empresa terceirizada para realizar o serviço de recomposição e por isso acumulou os buracos pela cidade.

Neste ano, segundo o representante da Copasa, foi contratada outra empresa. A estatal se comprometeu a elaborar um cronograma para realizar a recomposição do asfalto. A Prefeitura terá uma responsável para fiscalizar as obras da Copasa.

Participaram do encontro o secretário da Semsur, Gustavo Martins; o diretor da Semsur, Rodrigo Assis; o gerente de Obras e Pavimentação, Pedro Medeiros e o gerente de Máquinas, Demetrius Bento. 

 

Comentários
×