Prefeito, vice e vereadores tomam posse nesta sexta

Nova Mesa Diretora também será eleita; cerimônia será na Câmara; acesso ao público é restrito em razão da pandemia

Da Redação

Divinópolis renova nesta sexta-feira, 1º, seus representantes no Executivo e Legislativo. Na oportunidade, os eleitos e reeleitos para os cargos de prefeito, vice e vereador tomam posse na Câmara, às 16h. A cerimônia marca a abertura dos trabalhos da 25ª Legislatura, que termina em 2024. A diplomação ocorreu no último dia 16.

Transmissão

Assim como na diplomação, a posse terá público restrito, informou o secretário-geral da Casa, Flávio Ramos.

— A decisão do presidente da Câmara Municipal, vereador Rodrigo Kaboja, foi a de seguir as mesmas regras de segurança de saúde e sanitárias estabelecidas pela Justiça Eleitoral para a realização da Diplomação. Também nesta situação, só poderão ter acesso ao Plenário os empossados, servidores e representantes da Justiça Eleitoral e do Ministério Público Eleitoral — explicou.

Diante das recomendações, apenas os vereadores, prefeito, vice, imprensa e servidores do Legislativo terão acesso autorizado, mediante medição de temperatura na entrada e uso obrigatório de máscara. Para os cidadãos, o evento será transmitido ao vivo.

— A população, porém, poderá acompanhar tudo em tempo real, em transmissão ao vivo pela pelas redes sociais (Twitter, Facebook, Instagram e YouTube), Portal do Legislativo (www.divinopolis.mg.leg.br) e TV Candidés, no Canal 13 — detalha Flávio.

Rito

Seguindo as determinações do Regimento Interno, a reunião solene de posse será conduzida pelo vereador mais velho da Câmara, Edsom Sousa (CDN), que presidirá a mesa de instalação da nova legislatura.

— No rito da sessão, primeiro, os vereadores farão seus juramentos de posse, sendo, em seguida, declarada a instalação da Legislatura — ressalta a assessoria de comunicação.

Presidência da Casa

Em sequência, os vereadores votam para definir a composição da nova Mesa Diretora, atualmente presidida por Rodrigo Kaboja (PSD) e que conta com Renato Ferreira (PSDB), Ademir Silva (MDB) e Nego do Buriti (PSB). 

Para presidir a Casa a partir de janeiro, duas chapas devem concorrer. Uma liderada por Eduardo Print Júnior e outra pela vereadora mais votada na história das legislaturas de Divinópolis, Lohanna França (CDN). Porém, os outros integrantes das chapas ainda não foram definidos. As articulações devem seguir, pelo menos até a véspera da eleição. Edsom Sousa e Ademir Silva coordenam as ações para as formações dos grupos. Até então, os dois também haviam falado na possibilidade de disputar o comando da Mesa.

Por fim, serão empossados o prefeito eleito, Gleidson Azevedo, e sua vice, Janete Aparecida, ambos do PSC.

Ao fim da reunião, Gleidson deixa a Câmara e se dirige à Prefeitura, onde se reúne com o atual prefeito, Galileu Machado (MDB), para a entrega simbólica das chaves da sede administrativa.

Recesso

Mesmo com a posse, os vereadores eleitos e reeleitos voltam a participar das reuniões ordinárias apenas em fevereiro. Desde o último dia 21, a Casa está em recesso parlamentar. O expediente do Legislativo e o atendimento dos edis em seus gabinetes, porém, permanecem em funcionamento. Demais atividades pertinentes ao mandato também podem ser realizadas.

Ficam suspensas até 2 de fevereiro: reuniões de comissões permanentes, audiências públicas, Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) e reuniões ordinárias.

Comentários
×