Prefeito diz que medidas contra prejuízos a bens públicos são tomadas

Vídeo mostra estragos de canteiros e praças em duas regiões da cidade

Matheus Augusto

Em vídeo publicado em suas redes sociais, o prefeito Gleidson Azevedo (PSC) criticou os prejuízos causados a patrimônios públicos na cidade pela ação do que classificou como “vândalos”. Na publicação, ele pede respeito ao patrimônio público e mostra imagens de alguns locais que sofreram danos.

— Estamos lutando tanto, trabalhando incansavelmente, buscando empresários e parceiros para revitalização dos nossos canteiros e praças. Aí aparecem vândalos e destroem tudo aquilo que fizemos com tanto carinho! É uma vergonha! — escreveu o prefeito.

Gleidson já informou que as medidas cabíveis estão sendo tomadas para identificação e responsabilização dos mesmos.

— Estamos monitorando e de olho para que esses marginais possam pagar pelo prejuízo causado. Faça sua parte, ajude a preservar nossa cidade — completou.

Canteiros destruídos

Na primeira parte do vídeo, ele apresenta pichação na Praça do Santuário e lixo espalhado por onde corre a água da fonte. 

— Queria pedir um pouco de educação para o divinopolitano. Nem reinauguramos a praça e já picharam as fontes que vamos religar, olha que vergonha. Pelo amor de Deus, cria vergonha na cara. Olha a sujeira — destaca.

Em seguida, é exibida imagem de uma câmara de segurança que mostra um veículo passando por cima de um canteiro para atravessar a pista. O prefeito também gravou a destruição de dois canteiros na cidade, na Praça do Mercado e na avenida JK.

Para ele, os moradores precisam defender o patrimônio público, e não atacá-lo.

— Está vendo aí, né, população?! Nossa gestão e os 17 vereadores estão trabalhando em prol de uma Divinópolis melhor do que a gente pegou. Os próprios empresários adotaram as causas, adotaram os bens públicos. Agora eu faço uma reflexão para todo o povo de Divinópolis: será que, nesses 20 anos de descaso, o problema foi só os políticos? Será que não tem culpa da população também, não? — questiona Gleidson.

Ele ainda reforçou que não adianta implantar as melhorias se houver pessoas que destroem as revitalizações. 

— Não tem condição. Aí depois vão falar que sou sem educação, mas isso aqui, pelo amor de Deus. Não adianta eu querer, os 17 vereadores correrem atrás e os empresários ajudarem, se a população não fizer sua parte. Não adianta você ter o melhor prefeito nem os melhores vereadores porque a gente não consegue fazer nada — finalizou.

Comentários
×