Preço do gás em Divinópolis caminha para chegar a R$ 76 o botijão

 

Pablo Santos 

O gás de cozinha vai pesar mais no bolso do consumidor. A nova política de reajuste anunciado pela Petrobras promove acréscimo de 8,3% no valor do gás liquefeito de petróleo (GLP) de 13 quilos, desde ontem.  Para o consumidor divinopolitano, o produto pode chegar a custar quase R$ 76 a embalagem de 13 quilos.

Conforme a Petrobras, o reajuste foi motivado, principalmente, devido à alta das cotações do produto nos mercados internacionais, segundo nota enviada pela estatal. A empresa frisou que reflexos no preço final ao consumidor vão depender de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores. O aumento não se aplica ao preço do gás destinado a uso industrial e comercial.

Em Divinópolis, o valor do GLP está cotado em média a R$ 65,78, de acordo com a pesquisa mensal da Agência Nacional do Petróleo (ANP). No menor valor está cotado a R$ 60 e, no maior, a R$ 70, apontou a pesquisa mensal.

O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) informou que o reajuste oscilará entre 7,3% e 9,9%, de acordo com o polo de suprimento. Pelos cálculos da instituição, o ajuste anunciado deixa o preço praticado pela Petrobras para as embalagens de até 13 quilos, aproximadamente, 1,3% abaixo do preço de paridade internacional.

Se o maior índice for aplicado, o gás de cozinha em Divinópolis poderá ser encontrado até R$ 76. A média de R$ 65,78 vai passar para R$ 72, conforme a pesquisa mensal da ANP.

 Ano 

No ano, o gás de cozinha subiu nos estabelecimentos da cidade 17,32% desde janeiro, quando a embalagem de 13 quilos estava cotada, em média, a R$ 56.  O percentual de aumento é ligeiramente menor na comparação com a média nacional que acumula alta de 17,7%, de acordo com a ANP. O valor médio do botijão para o consumidor saltou de R$ 55,74 na primeira semana de janeiro para R$ 65,64 na semana encerrada em 2 de dezembro.

O último reajuste feito pela Petrobras aos preços cobrados das distribuidoras ocorreu há cerca de um mês. Desde junho, foram anunciados seis aumentos e uma redução no preço do gás de cozinha.

 

 

Comentários
×