Pré-candidatos a prefeito 2020

As articulações para prefeito de Divinópolis em 2020 já começaram. Vejam as últimas votações dos pré-candidatos mais conhecidos: Marquinho Clementino (Pros) - 34.239
votos; Jaiminho Martins (PSD) - 31.678 votos; vereador Sargento Elton (Patriota) -25.006; Fabiano Tolentino (PPS) - 18.284; Galileu Machado (MDB) - 58.443.

Avaliação política e eleitoral de cada um

Galileu Machado

O alcaide foi eleito com 58.443 votos, mas, na prefeitura, a sua administração é um fiasco, com atrasos e parcelamentos de salários dos servidores, crise na saúde pública e ruas esburacadas. Parte da culpa do caos administrativo é do ex-governador Fernando Pimentel (PT) que, como já informamos aqui, reteve nos cofres do Estado R$ 108 milhões tocantes à prefeitura. Se o governador Romeu Zema liberar esta verba
retida, o atual prefeito ainda poderá realizar obras e recuperar o prestígio político/eleitoral perdido.

Marquinho Clementino

Na eleição de 2016 para prefeito, Marquinho Clementino recebeu 34.239 votos. Distante das mídias, ainda mantém força política, pelo seu estilo pessoal afável. Tem o perfil que eleitorado admira: jovem, competente e honesto. Falta-lhe agora uma estratégia para voltar a encantar e emocionar os eleitores. Se seu eleitorado não cresceu, também não deve ter diminuído, já que ele não protagonizou qualquer ação política ou pessoal desmerecedora.

Jaiminho Martins

O ex-deputado Jaiminho Martins não se coloca como pré-candidato a prefeito em 2020. Mas, se Jaiminho quiser se apresentar como tal, terá que levar em conta que a seta de tendência à rejeição ao seu nome aponta para crescimento. Em 2010, como candidato a deputado, Jaiminho obteve, em Divinópolis, 47.106 votos. Em 2014, sua votação caiu para 31.678 votos. Queda significativa de 15.428 votos. Depois, ações políticas equivocadas o desgastaram perante os eleitores divinopolitanos. Em 2018, ele patrocinou a campanha de seu filho Bruce Martins a deputado federal e não conseguiu elegê-lo. Mas, a sua história parlamentar e sua base de sustentação política são sólidas. Com sua presença física na cidade agora, esses fatores têm peso, e, por isso, fazem dele um pré-candidato a prefeito a ser considerado.

Vereador Sargento Elton

O vereador Sargento Elton foi a grata revelação das eleições em 2018. Com discurso e vida militar semelhantes à do presidente Bolsonaro (PSL) e com o apoio de outro fenômeno eleitoral, o agora deputado estadual Cleitinho Azevedo, ele obteve, em Divinópolis, 25.006 votos. Se é verdade que a estupenda votação teve a ver com os dois políticos citados, então as possibilidades de Sargento Elton ser vitorioso em
uma disputa para prefeito estariam ligadas ao sucesso de Cleitinho e Bolsonaro nos seus mandatos. Porém, o vereador tem luz própria e conhecimento estratégico para disputar a prefeitura. De alguma forma, a eleição para prefeito em 2020 passa por ele, que fez por merecer.

Fabiano Tolentino

Na eleição de 2018, o então deputado estadual Fabiano Tolentino, ao disputar uma vaga para Câmara Federal, obteve, em Divinópolis, 18.284 votos e não se elegeu. Além da competência política, Fabiano surfou uma onda de sorte. Na sua primeira eleição a deputado estadual, ele era o fenômeno político da época, porque havia feito uma bela gestão na Secretaria de Esporte da Prefeitura e foi posteriormente eleito com mais de 5.000 votos para vereador. Somado a isso, em 2010, o ex-deputado Fabiano Tolentino se beneficiou com a ausência da candidatura do deputado Domingos Sávio (PSDB), que deixou de ser candidato a deputado estadual, para se eleger deputado federal. Na reeleição, em 2014, Tolentino obteve 62.776 votos, o que o animou a tentar uma vaga na Câmara Federal, mas não conseguiu. Agora, terá dois anos fora do poder, e enfrentando uma  diferente realidade política em Divinópolis: novas e fortes lideranças surgiram, e o ex-deputado Jaiminho Martins, sem mandato, pode se interessar em se candidatar a prefeito em 2020. De qualquer modo, Fabiano Tolentino está no páreo, para uma eventual candidatura a prefeito em 2020.

Cleitinho Azevedo

Sobre todas estas pré-candidaturas, paira a sombra do agora deputado estadual Cleitinho Azevedo, eleito deputado com 115.492 votos, dos quais 61.010 votos foram obtidos em Divinópolis. Uma eventual candidatura de Cleitinho a prefeito em 2020 mudará todo o quadro político da cidade!

A ver o resultado!

Comentários
×