Prato da Casa completa 15 anos

 

Jorge Guimarães

O circuito cultural e gastronômico Prato da Casa é um evento que promove o turismo regional. Mais de 150 bares foram visitados entre agosto de 2018 e abril de 2019, para que a seleção dos estabelecimentos participantes da edição comemorativa dos 15 anos de Prato da Casa fosse concluída.

Pequenos produtores

Segundo o organizador do evento, Gustavo Bicalho, o Prato da Casa tem a valorização dos pequenos produtores como uma de suas bandeiras.

— Já passamos pela classe da agricultura familiar, valorizamos as plantas alimentícias não convencionais e, em 2019, com o tema “Pequenos Produtores, Grandes Sabores”, o festival espera valorizar os pequenos fornecedores de produtos alimentícios como linguiças, defumados, doces, pequenos agricultores etc. — detalha Gustavo.

Iguarias

De acordo com o organizador do evento, há esforço pelo “raiz”, não tendo como objetivo se tornar um festival da “alta gastronomia”.

— Somos um movimento pela valorização da comida de raiz, pela desgourmetização, pela simplicidade e pela busca dos sabores que nos remetem aos tempos antigos onde cozinhar era saber dosar alho, sal, cebola e fogo. O que todos podem esperar são pratos de cultura da raiz mineira, da sustentabilidade e da iguaria típica — define.

Público

Para 2019, mais de 70 mil botequeiros são esperados nos 30 dias de circuito pelos bares. A cidade se transforma. Supermercados, açougues, varejões, hortas rurais e outros possíveis fornecedores são poucos em Divinópolis para atender à grande demanda dos bares participantes.

São mais de dez mil pratos e mil garrafas comercializadas durante o circuito.

Uma maratona botequeira que gera emprego e renda a um dos setores que mais cresce em Divinópolis e no Brasil: o da alimentação.

Expectativa

A edição dos 15 anos do Prato da Casa, que deve gerar mais de três mil empregos diretos e indiretos, tem início no próximo dia 29 de junho, e seu término será em 3 de agosto.

— A maior expectativa é atender as mais diversas culturas gastronômicas de uma sociedade que vive em torno de nossa cidade e frequenta o festival seja nos bares durante o circuito, seja na grande festa de encerramento — explica Bicalho.

Cidades

Segundo levantamento, nos três últimos anos do Prato da Casa, as cidades que mais frequentam Divinópolis durante o evento são: Nova Serrana, Carmo do Cajuru, Cláudio, Itaúna, Bom Despacho, Pitangui, Formiga, São Gonçalo do Pará, São Sebastião do Oeste, Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte. Nos últimos anos, Belo Horizonte tem sido um dos municípios com maior número de visitantes na festa de encerramento do Prato da Casa. Isso sem contar com o público divinopolitano, que sempre apoiou o evento desde sua primeira edição.

Programação

O evento gastronômico e etílico terá início no próximo dia 29, num sábado, no Mercado Central, onde a comitiva do PDC visita o Bistrô Passaporte, Massa In Casa, Bar e Restaurante do Marcelo e Silva Culinária e Cerveja. Vale ressaltar que os estes não participam da competição culinária. Em seguida, a caravana de degustadores, juntamente com o público, passa pelos seguintes estabelecimentos: Toizinho e Pepê, Show Bar, Bar do Juninho, Churraquinho do Fio, Saidera, Cia do Espetto, Kid Bacon, Night Beer, Sofrência do Boi, Paiol Urbano, Villa Madalena e, fechando o circuito, Roberto da Sopa. Já no dia 3 de agosto, a partir das 12h, no Parque da Divinaexpo, acontece a festa de encerramento. 

Comentários
×