Possível traição de Rinaldo Valério a Galileu Machado tem primeira consequência

Da Redação

Não soou bem o posicionamento do vice-prefeito, Rinaldo Valério, diante da votação do possível afastamento do prefeito Galileu Machado. As consequências começam a aparecer, sendo a primeira delas a exoneração do chefe de gabinete do vice-prefeito, Olinto Guimarães Neto, e do secretário de esportes, Everton Dutra.  Os dois comissionados são cargos ligados ao vice-prefeito. O decreto foi assinado nesta quarta-feira, 11.

Valério teria tentado articular a mudança de posicionamento dos vereadores, a denúncia foi feita pelo líder do governo, o vereador Eduardo Print Junior (SD). Na ocasião, o vice-prefeito supostamente foi à casa do vereador na véspera da votação, pedindo para mudar o posicionamento dos vereadores. 

O prefeito Galileu ficou surpreso com a possível atitude, o que gerou desconforto entre eles. O prefeito disse ainda que não confia mais no seu vice da mesma maneira, e que mais medidas administrativas dentro da prefeitura serão tomadas.

O governo se posicionou e informou que os cargos comissionados são de livre nomeação e exoneração. Dessa forma, a administração avalia quando é necessário manter a equipe ou fazer a substituição.

 

 

Comentários
×