Polo da Moda de Divinópolis emprega e fatura

 

Jorge Guimarães

Dados do Sistema Integrado de Gestão da Arrecadação (Siga), ligado a Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostram que em Divinópolis existem 696 empresas confeccionistas no polo. Quando somados os 20 municípios, o número sobre para 1.174, gerando assim 9.330 empregos diretos em todo polo, sendo que 170 delas são associadas ao Sindicato da Indústria do Vestuário de Divinópolis (Sinvesd). E segundo o último levantamento, realizado em 2015, efetuado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o faturamento do polo naquele ano foi de R$ 429.764.965,52.

Parcerias

A sanção da lei coroa um projeto que nasceu no Sinvesd e foi possível com o apoio e conjuntura da Associação Comercial Industrial Agropecuária e Serviços de Divinópolis (Acid), além do deputado Fábio Avelar (PTB), que lutaram nos últimos meses pela aprovação do projeto de lei.

— O resultado disso será a criação de convênios, verbas e investimentos que fortalecem o setor têxtil. É um incentivo à produção e ao comércio. Tudo isso resulta no crescimento e aumento da cadeia produtiva e na fomentação de empregos e vendas. Divinópolis e toda a região agora estarão resguardadas. Muitas cidades irão crescer com esse polo da moda — avalia o presidente do Sinvesd, Marcelo Marcos Ribeiro.

A lei

O governador Fernando Pimentel (PT) aprovou a lei 22895 que institui o polo da moda e confecção de Divinópolis, na última sexta-feira, 12. Assim, a região passa a ser oficialmente reconhecida como uma potência do setor de vestuário estadual.

Segundo a lei, estão inclusos no polo os municípios de Aguanil, Araújos, Arcos, Campo Belo, Candeias, Carmo da Mata, Carmo do Cajuru, Carmópolis de Minas, Cristais, Divinópolis, Formiga, Igaratinga, Itaúna, Itapecerica, Nova Serrana, Oliveira, Pains, Perdigão, São Sebastião do Oeste e Pedra do Indaiá, sendo Divinópolis o município-sede.

Com a decisão, o governo se compromete a investir no setor com ações de capacitação, promover o desenvolvimento e técnicas da indústria têxtil, divulgação, implemento de sistemas de informação, assim como liberar recursos e discutir linhas de créditos.

 

 

 

 

 

 

 

Comentários
×