Policiais da reserva serão convocados para auxílio no combate ao coronavírus

 Paulo Vitor Souza

A pandemia do coronavírus (Covid-19) vem mobilizando governadores, prefeitos e autoridades sanitárias em todo o país. Com o avanço do vírus, muitos casos da doença ainda devem ser registrados. Como o Agora trouxe na semana passada, órgãos de segurança de todo o estado já se mobilizam para atender às demandas da população durante o surto da doença.

A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), em decisão anunciada  na última sexta-feira, 20, fez designação para o serviço ativo de policiais que estão na reserva. Ou seja, policiais que se aposentaram com menos de 26 anos de atividade na PM terão reavaliação do requisito de tempo de serviço e poderão ser reconvocados.

Motivo 

O decreto que promulga as designações diz que a ordem de convocação se dá em face do estado de emergência de Minas Gerais, declarado pelo governador, Romeu Zema (Novo). A PM conta com um plano de contingência para dar apoio às autoridades sanitárias no controle do vírus. O documento diz que “o plano de contingência 30.065.2/20-CG estabelece as medidas adotadas pela PMMG em razão da pandemia do Covid-19, e atribui ao chefe do Estado Maior da Polícia Militar (EMPM) a missão de coordenar todas as medidas no âmbito da PMMG em razão da pandemia do Covid-19”.

O documento ainda diz que a situação em que o estado de Minas se encontra influencia nos serviços que a PM realiza, e que, por esse motivo, coube  a designação de militares da reserva em caráter remunerado, como medida de potencialização das ações policiais militares e na área de saúde no enfrentamento e contingenciamento da epidemia.

Por fim, o decreto autoriza a designação: “a designação de militar com tempo de serviço inferior a 26 anos passa a ser considerada extraordinária, sendo admitida somente para o exercício de atividades operacionais, após criteriosa descrição de suas competências distintas (conhecimento, habilidades, atitudes e necessidade”.

Combate ao Covid-19

A Prefeitura divulgou ontem novo decreto que dispõe sobre regras que a população precisa observar. A Polícia Militar (PM) vai auxiliar  na abordagem de transeuntes nas ruas para verificação de indispensabilidade de sua circulação. A ação será realizada com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

Comentários
×