Polícia Militar forma quase mil alunos do Proerd

Da Redação

Durante a manhã e a tarde de quinta-feira, 6, a Polícia Militar (PM) celebrou a formatura de mil alunos participantes do Programa de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). Participaram da solenidade, o comandante do 23° Batalhão, tenente-coronel Rodrigo Coimbra, outros representantes da PM, dos Bombeiros, autoridades civis e militares.

A solenidade foi prestada às turmas que tiveram início em agosto deste ano, contando com 950 alunos no total, todos do 5° ano. Participaram do programa 16 escolas, entre privadas e públicas.

Celebração

A formatura dos alunos aconteceu no ginásio poliesportivo Fábio Botelho Notini. Os alunos destaques no quesito redação foram homenageados com uma medalha – além de receberem brindes de suas respectivas escolas. Cada colégio realizou uma apresentação artística no ginásio. Ao término das exibições, os formandos prestaram juramento à bandeira do Brasil.

Os mascotes da PM Amigo Leal e o Leão Dare (símbolos do Proerd) animaram a solenidade.

E não podia faltar música. A Banda de Música da 7ª Região da Polícia Militar tocou clássicos musicais, além da canção oficial do Proerd.

Ainda por vir

Devido à paralisação de 26 dias dos professores da Rede Municipal de ensino, encerrada na última terça-feira, 4, a formatura dos estudantes de dez colégios foi prorrogada. Os 500 futuros formandos afetados ainda não sabem a data da conclusão do programa.

O programa

Divinópolis foi a segunda cidade de Minas Gerais a implementar o Proerd. Em curso desde o ano 2000, a Polícia Militar calcula que mais 62.500 crianças e adolescentes se formaram no município através do projeto.

Minas conta hoje com 520 policiais militares formados atuando como instrutores, atendendo cerca de 2.800 escolas espalhadas por 390 municípios mineiros. Estima-se que mais três milhões e meio de alunos tenham se formado no programa.

Objetivo

O Proerd é um projeto educacional realizado dentro das escolas por policiais militares fardados. Para o trabalho de conscientização sobre as drogas e às consequências de comportamentos violentos, os instrutores aplicam atividades teóricas e práticas aos aprendizes.

Um dos principais objetivos é estabelecer uma relação positiva entre policiais, jovens, professores, pais e outros membros da sociedade.

Comentários
×