Polícia diz que não há sinal de desmobilização de protesto na região Centro-Oeste

Gisele Souto 

A greve dos caminhoneiros chega ao oitavo dia de paralisação em rodovias mineiras e sem alteração na região Centro-Oeste. Segundo informações da Polícia Militar Rodoviária (PMR), passadas à reportagem na manhã desta segunda-feira, 28, os pontos de restrição nas rodovias da região continuam os mesmos de ontem. São pelo menos 24, incluindo os três de Divinópolis: MG-050, quilômetro 132, posto Marçal; MG 050, quilômetro 119, posto Bitelão; BR-494, quilômetro 28, próximo ao bairro Nova Fortaleza. Tem também um ponto bem próximo à cidade, perto do bairro Ferrador, já na entrada de Carmo do Cajuru.

Em Oliveira, o protesto no posto Juá, já na 381, também permanece inalterado.
De acordo com o comandante da 7ª Companhia da Polícia Militar Rodoviária, major Paulo Antônio Morais, em todos os locais está sendo liberada a passagem de veículos leves, ônibus, ambulância e caminhões com carga viva e/ou mercadorias mais sensíveis. Segundo ele, não ocorreram acidentes nem incidentes nas últimas horas causados pela manifestação.

Mais

Em vários estados do país, os pontos de mobilização continuam. Em Minas Gerais, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) ainda não informou o número de estradas com movimento, mas, segundo informações de outros órgãos, há pelo menos 40 pontos ainda no estado. Na região Metropolitana de Belo Horizonte, eles estão nas cidades de São Joaquim de Bicas, Betim, Igarapé, Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Barbacena, Juiz de Fora e Ribeirão das Neves.

Comentários
×