Polícia de Nova Serrana inicia bloqueio de celulares após roubo

Da Redação

A Polícia Militar de Nova Serrana iniciou, nesta semana, o início do bloqueio de celulares quando roubados. A plataforma utilizada é a Central de Bloqueio de Celulares (Cbloc), desenvolvido pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp). Com essa ferramenta, os celulares ficaram inutilizados para não serem revendidos pelos criminosos. A Sesp espera reduzir o valor de mercado de contrabando de celulares roubados. 

Além disso, o bloqueio pelo Cbloc também serve como garantia de nenhum dado pessoal, como fotos, caminhos de GPS salvos, entre outros, seja acessado e vazado pelo criminoso.

Com a plataforma, no momento em que o cidadão for fazer a ocorrência de furto ou roubo em unidade PM, o policial irá acessar o sistema e realizará o bloqueio. Todos os policiais passaram por um treinamento, na última segunda-feira, 25, para aprender como utilizar a plataforma.

De acordo com o comandante do 6º Batalhão da PM de Nova Serrana, tenente coronel Wemerson Lino Pimenta, os cidadãos só têm a ganhar com a iniciativa.

— Acredito que usando a Central de Bloqueio vamos ajudar a diminuir os índices de furto e roubo de celular na cidade, já que, bloqueado, o aparelho perde seu valor no mercado para a venda e receptação — afirmou o tenente.

Com Nova Serrana sendo a primeira cidade do estado a usar a plataforma, o esperado é que as outras cidades da 7ª Região Integrada de Segurança Pública, com sede em Divinópolis, também comecem a utilizar a plataforma de bloqueio imediato. 

Comentários
×