Polícia Civil prende suspeito com “haxixe” em Divinópolis

Da Redação

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu nesta terça-feira, 2, um homem, de 29 anos, suspeito de tráfico de drogas. Na ação, numa residência no bairro Catalão, em Divinópolis, foram apreendidos 100 gramas de haxixe, além de porções de maconha. Segundo apurado, os entorpecentes seriam oriundos do estado de São Paulo.

Segundo o investigado, o haxixe foi adquirido pelo valor de R$ 1 mil, podendo ser revendido posteriormente até por até R$ 3 mil.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Weslley Castro, as investigações apontavam que o investigado revenderia os entorpecentes para dependentes químicos com alto poder aquisitivo na cidade.

— Tal entorpecente trata-se de uma resina com alto grau de pureza do princípio ativo do narcótico usualmente chamado de “maconha”, possuindo altíssimo valor de mercado em razão da característica destacada — explicou o delegado.

O investigado, que até então não possuía passagens policiais, foi conduzido ao plantão da Delegacia Regional de Divinópolis para as devidas providências.

Comentários
×