Polícia Civil apresenta suspeito de homicídio em Divinópolis

 

Gisele Souto 

A Polícia Civil prendeu, nesta manhã, Vinicius Cesar Santos Araújo, suspeito de homicídio ocorrido na madrugada do último domingo, 6, na rua Nações, no bairro Padre Libério. Giovani Moreira da Silva foi morto com sete tiros. 

Foram apreendidos também a arma do crime, o veículo utilizado pelo acusado durante a fuga e um tablete de maconha. O titular da Delegacia de Homicídios, Vivalde Levilesse Ferreira Júnior, disse que o veículo é clonado.

O delegado informou que Vinícius Cesar Santos Araújo confessou ter matado Giovani Moreira da Silva depois de uma desavença na rua, já que a vítima teria chateado a ele e sua namorada. Ainda segundo o delegado, havia mais pessoas no local, mas Vinícius seria o único autor do homicídio, depois de pegar uma arma no carro.

O suspeito se escondeu na casa da namorada até ser encontrado pela polícia. Amigos de Vinícius serão ouvidos posteriormente. Ele é único preso até o momento dos vários homicídios registrados na cidade nos últimos dias.

 O crime 

O homem foi morto na rua Nações, por volta das 4h. Moradores do local acordaram assustados com os disparos. A vítima ficou caída na calçada. De acordo com a Polícia Militar (PM), testemunhas relataram que, após uma discussão entre um grupo de pessoas, todas do sexo masculino, um deles sacou uma arma de fogo e efetuou vários disparos em direção à vítima. A suspeita é de que ele tenha tentado fugir do agressor, tendo em vista que eles estavam em um bar, mas não conseguiu.

 

Comentários
×