PM vai às ruas para tentar combater homicídios

Rafael Camargos 

Buscando a prevenção de crimes violentos, como homicídios e roubos, a Polícia Militar (PM) foi para as ruas ontem, e iniciou mais uma etapa da operação “Pacto pela Vida”. Ao todo, 61 policiais militares e 25 viaturas participaram da ação.  
O policiamento ocorre depois de a cidade registrar mais um assassinato nesta semana, o primeiro após 30 dias, o 45º do ano.  

Logo pela manhã, os militares receberam a informação de que indivíduo estaria escondendo uma motocicleta furtada num matagal próximo a rua Batida do Sol no bairro Paraíso. 

No local, os militares lograram êxito na apreensão de um adolescente de 15 anos envolvido no furto. 

 Combate  

A crescente onda de homicídios na cidade é comprovada em números. No primeiro semestre foram 40, de acordo com dados da Polícia Civil. O aumento significativo foi o motivo que levou a Polícia Militar (PM) a convocar uma reunião, realizada ontem, na sede do 23º Batalhão, no bairro Afonso Pena. 

No encontro, comandantes da Civil e Militar, Ministério Público (MP) e agentes penitenciários se uniram para traçar metas de atuação em combate à criminalidade. 

 Relembre  

Um idoso de 70 anos morreu durante uma tentativa de assalto na noite de quarta-feira, 4, na comunidade rural do Quilombo, em Divinópolis. A vítima é Clarimelo Coelho da Rocha. 

De acordo com a PM, o irmão da vítima, que mora numa chácara ao lado da casa, contou ter ouvido disparos de arma de fogo e se assustou. Depois de alguns minutos, ele foi ver o que tinha acontecido e encontrou o homem caído no chão com perfurações de arma de fogo. 

Ainda conforme a PM, os suspeitos foram ao local para tenta roubar, mas, como não conseguiram, eles atiraram. 

– O crime foi registrado como latrocínio tentado. A vítima não tinha antecedentes criminais – informou a PM. 

 

Comentários
×