Suspeito de matar jovem de 18 anos é liberado por falta de provas

Luciano Vidal

Já está a disposição da justiça, um dos suspeitos  que executaram ontem, um jovem de 18 anos na rua Monte Libano, 796, bairro Alto São João de Deus, em Divinópolis. Segundo informações da Polícia Militar (BPM), ao chegar ao local, os militares encontraram a vítima, Ítalo Sudário dos Reis, que havia sido atingido por disparos de arma de fogo.

Ele foi socorrido e encaminhado à Sala Vermelha do Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJD), mas não resistiu aos ferimentos. Informações de testemunhas dão conta de que os suspeitos são de um local conhecido como “Favelinha do Nações”.

Histórico

Ítalo havia deixado o presídio Floramar há dois dias, onde estava preso por tráfico de drogas desde maio. Ele também tinha passagens, ainda neste ano, por porte ilegal de armas e por ter efetuado disparos durante o pré-carnaval em Divinópolis.

Suspeito

A PM recebeu informações sobre o suspeito e foram até a rua Joaquim Manoel Pereira, no bairro Sagrado Família. No local, um rapaz, 24 anos, apontado por testemunha como o responsável pelo crime, foi preso e encaminhado à delegacia.

Segundo a Polícia Civil, este é o 36º assassinato registrado na cidade neste ano. No ano passado,  até o momento, eram 44.

[Atualização]

Segundo o delgado de Homicídios, Renato Fonseca, o suspeito foi liberado na manhã de hoje por falta de provas, tendo apresentando álibi comprovando que estava em um local diferente na hora do crime.

Comentários
×