Pessoas com comorbidades com 35 anos ou mais já podem se cadastrar para vacinação contra covid-19

Da Redação

 

A Prefeitura de Divinópolis informa que estará aberto, a partir das 13h30 desta terça-feira, 18, o cadastramento para vacinar as pessoas com comorbidades de 35 anos ou mais e para idosos de 60 anos ou mais, dando sequência ao calendário da vacinação por idade. A vacinação será realizada nesta quinta-feira, 20, e na sexta-feira, 21, e o imunizante disponível é AstraZeneca. O cadastramento já está disponível no site da Prefeitura (www.divinopolis.mg.gov.br) e ou no APP Divinópolis - Opção Vacinação Covid-19.

A vacinação deste público acontecerá em sistema de drive thru, no local indicado no comprovante de cadastro, podendo ser no Centro Administrativo ou no Divinópolis Clube. No dia da vacinação é fundamental que a pessoa tenha em mãos: documento de identidade com foto; comprovante de endereço; Carteira do SUS ou da Unidade de Saúde, Cartão de Vacina e Laudo ou Declaração médica comprovando a comorbidade (consultar Nota Técnica em anexo para mais esclarecimentos).

Lembrando que as pessoas que irão se vacinar não podem ter recebido outra vacina nos últimos 14 dias e não ter tido covid-19, com início dos sintomas nos últimos 30 dias e não estar com sintomas de covid-19.

"A Prefeitura pede que todos que forem se vacinar, respeitem rigorosamente o horário marcado no comprovante de cadastramento e TENHAM MUITA ATENÇÃO COM O LOCAL INDICADO. É fundamental o respeito a esses horários para que não haja filas", alerta.

Vacinação solidária

Em razão do momento delicado que passamos, em que muitas famílias passam por necessidades de cunho material e, principalmente, alimentar, a Prefeitura de Divinópolis continua com a campanha para arrecadação de alimentos. Assim, aquelas pessoas que se dirigirem aos postos de vacinação por meio de drive thru, se sensibilizarem com a situação e quiserem fazer a doação de alimentos não perecíveis, os mesmos serão remetidos para as famílias em vulnerabilidade através da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas).

Para mais esclarecimentos sobre as comorbidades, é fundamental a leitura integral da Nota Técnica. De acordo com o Ministério da Saúde as comorbidades são:

  • Diabetes melitus;
  • Pneumopatias crônicas graves;
  • Hipertensão Arterial Resistente (HAR);
  • Hipertensão arterial estágio 3;
  • Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão permanente e/ou comorbidade;
  • Doenças cardiovasculares;
  • Insuficiência cardíaca (IC);
  • Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar;
  • Cardiopatia hipertensiva;
  • Síndromes coronarianas;
  • Valvopatias;
  • Miocardiopatias e Pericardiopatias;
  • Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas;
  • Arritmias cardíacas;
  • Cardiopatias congênita no adulto;
  • Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados;
  • Doença cerebrovascular;
  • Doença renal crônica;
  • Imunossuprimidos;
  • Anemia falciforme;
  • Obesidade mórbida Índice de massa corpórea (IMC) ≥ 40;
  • Cirrose Hepática.
Comentários
×