Pernilongos infernizam divinopolinanos e fazem a alegria dos supermercados

 

Jorge Guimarães

Está declarada  guerra aos pernilongos em toda a cidade. A causa é o tempo seco e quente que deve prevalecer em Divinópolis nós próximos dias. Período propício para a proliferação do inseto. É difícil um ponto da cidade que se tenha reclamações contra as picadas e o “zum zum zum” insuportável. Como se não bastasse, no fim de semana começa o horário de verão, para desespero de muitos e alegria de outros, assim os próximos dias prometem muitas alterações no dia a dia do consumidor que além de enfrentar o barulhinho chato, atrapalhando o sono, vai ter que acordar mais cedo.

É só o inverno ir embora e chegar o calor e as tardes chuvosas que eles voltam a atacar. Daí, o jeito é se defender e ir às compras, por exemplo, dos inseticidas em spray ou de tomada, espirais e até mesmo para os repelentes. Em um supermercado da região central da cidade, as vendas aumentaram bastante nas últimas semanas.

Vendas

E para ter uma boa noite de sono, a única saída mesmo  é recorrer as prateleiras dos supermercados. 

A dona de casa Raquel Silva, disse que foi ao supermercado comprar inseticida para jogar na casa e mesmo assim, quando vai se deitar ainda tem pernilongos

— E olha que, para dormir, ainda tem a raquete e o ventilador. Aquele zumbido no seu ouvido é o que mais incomoda. E, ele passando à sua frente, quando você está assistindo televisão, é uma luta diária — falou a dona de casa.

O gerente de uma loja de rede de supermercados, Sérgio Antônio revelou que as vendas destes produtos cresceram em torno dos 300%.

— Mas o tradicional espiral também não fica atrás, isso porque muitos clientes reclamam que está sendo impossível vencer não só a noite, mas o dia também —detalha o gerente.

Mais fortes

Muitos reclamam que os inseticidas e outros como os modelos que ficam ligados nas tomadas já não estão adiantando mais.

— Ligo aquele aparelhinho, mas os pernilongos nem dão bola; parecem que estão mais fortes e continuam zumbindo na minha orelha — fala a profissional liberal Carla Oliveira.

Cortinados

Além dos inseticidas, outra saída para afugentar os pernilongos é os cortinados. Em uma loja do Centro, as vendas não param.

— As vendas aumentaram bastante nos últimos dias, algo em torno de 50%. E esta semana já estamos esperando uma nova remessa de nosso fornecedor para que nossos clientes não fiquem sem o produto — falou a gerente Solange Aparecida. 

Raquete

Um produto que virou campeão de vendas é a raquete. Nos camelôs e lojas que vendem as raquetes contra pernilongos, todos os dias os estoques são renovados.

— Em um mês já renovei o meu estoque de raquetes, tenho quatro em casa. Meu neto está com o corpo cheio de bolinhas vermelhas. Meu filho é alérgico e está tendo que tomar remédios, assim, a raquete é a melhor indicação nestes casos — disse a aposentada Rosa Teixeira.

 

 

 

Comentários
×