Perfeitamente justificado

 Por: Flávio Ricco

 Colaboração: José Carlos Nery

 

(Abertura)

 

Turner errou duas vezes ao entrar e desistir do Campeonato Brasileiro

 Em comunicado distribuído ao mercado, a Turner/Grupo Warner Media informou que vai desistir dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro a partir de 2022.

 

E explicou que a sua decisão foi tomada porque “a oferta de transmissão fragmentada do Campeonato Brasileiro de Futebol não permite à companhia proporcionar uma experiência integral aos seus assinantes. Com venda pulverizada para a TV aberta e outras plataformas, além de outros fatores limitantes como falta de jogos exclusivos e os blackouts, o modelo atual não é sustentável para a companhia”.

 

Perfeitamente justificado

 

O que não foi explicado, até hoje, como maior surpresa, é o fato de um dia ter entrado e aceitado trabalhar em condições tão complicadas, como as que sempre existiram e ainda serão até o fim da competição em curso.

 

Foi um erro de avaliação muito grave, porque a Turner em nenhum momento conseguiu o apoio total dos clubes, nem mesmo da maioria deles, que pudesse sustentar tal iniciativa. Um modelo de negócio dos mais perigosos, que nunca ninguém entendeu.

 

Desistir daquilo que não deveria ter entrado, pode parecer a melhor saída. Mas só que não. Isso, ao mesmo tempo, se dá tarde demais e num momento dos mais inoportunos.

 

Resquícios

 

 O que chama atenção do mercado, nessa jogada de toalha da Turner, é que, depois de aguentar de tantas, a sua desistência se dá dias após a sanção da Lei do Mandante.

 

Não era melhor esperar mais um pouco?

 

Teve isso

 

A Turner fez uma aposta na construção e na impossibilidade de fechar com todos os clubes, se acertou com sete. Isso dá 42 jogos.

 

Com a Lei do Mandante, esse número chegaria a 133, só que, em acordo, há uma limitação para 76. Ainda assim, quase o dobro do que tinha. Quer dizer, roeram o osso, mas na hora do filé vão sair fora.

 

 E outra

 

Entre tantos problemas, até maiores nesse caso da Turner, um deles sempre foi a inexistência de um canal destinado exclusivamente ao esporte.

 

Ou porque os seus diretores nunca se interessaram em ter ou, talvez, porque nunca chegaram a um acordo sobre o assunto. Deu no que deu.

 

Data marcada

 

Por meio do “Vai Que Cola”, o Multishow fará uma homenagem ao ator Paulo Gustavo.

 

A nona edição do programa vai estrear em uma data especial: 30 de outubro, que seria aniversário do comediante, como forma de tributo à sua obra. 

 

 

Série especial

“Os Experientes”, produção da O2 Filmes para a Globo, será apresentada no Viva, a partir deste sábado, 18h45.

 

Tudo muito em cima da terceira idade e como ela pode ser encarada como uma das melhores fases da vida. No elenco, nomes como Beatriz Segall, Selma Egrei, Joana Fomm, Juca de Oliveira, Wilson das Neves, Goulart de Andrade e Germano Mathias.

 

Ver de perto

 

Johnny Saad passou parte da manhã de ontem no Teatro Itália, que agora será utilizado para produções da Band, rádio e TV. Foi acompanhado de Sheila Magalhães, Thaís Freitas e Caio Carvalho, entre outros diretores.

 

O local, inclusive, a partir da próxima segunda-feira, passará por reformas em seus camarins e na parte da iluminação.

 

 

Apresentação

A propósito de Band, nesta quinta teremos a apresentação da sua programação 2022 ao mercado. Meio on-line, meio presencial.

Destaque para “Faustão na Band”, “Mil e Uma Perguntas”, “Perrengue na Band” e projetos para o esporte, entre outros.

 

Detalhe

Vale informar que parte do elenco da Band foi convidada a participar deste evento.

 

Menos um: Fausto Silva. Primeiro, que está em viagem, fora do Brasil, e também porque ainda não pode.

 

Reprise

“Carinha de Anjo”, com Lorena Queiroz, volta à programação do SBT na próxima segunda-feira, às 20h30.

 

Também no elenco, Bia Arantes, Carlo Porto, Maisa Silva, Jean Paulo Campos, Lucero, Sill Esteves, Eduardo Semerjian, entre outros.

Chique

 

De férias na Globo, sem ainda outro trabalho acertado, Isis Valverde acompanhou na terça-feira, da primeira fila, o desfile da Dior na Semana de Moda de Paris.

E foi como convidada especial da marca. Não é pouca coisa, não.

"Eu amei o brilho, o cenário do desfile, que era uma discoteca...”, conta Isis sobre o evento.

 

Primeiras cenas

A Globo deu início às gravações de “Além da ilusão”, novela das seis protagonizada por Larissa Manoela e Rafael Vitti, com direção de Luiz Henrique Rios.

Por enquanto, somente externas no Rio de Janeiro. Ainda não existe uma data para estúdios. 

 

Bate – Rebate

  • Não é por nada, mas tem programas no SBT que estão pedindo troca de cenários...

 

  • ...O desgaste desses antigos está passando no ar.

 

  • De sábado até segunda-feira, o canal DogTV estará com o sinal aberto nas operadoras Sky e Vivo...

 

  • ...Uma ação para comemorar o Dia do Cachorro, segunda. Dia do Cachorro... Está certo...

 

  • ...Só que deve estar faltando ainda o “Dia do Peixinho”, do “Gatinho”, da “Coruja”... Ou será que não sei?

 

  • Direção da Band ainda não definiu estúdio para gravação do próximo “MasterChef”...

 

  • ...Segue a busca do local mais adequado.

 

  • Que ano, hein? Pessoal que faz retrospectiva da TV não vai ter problema nenhum.

 

  • Tatola Godas, Dennys Motta, Ricardinho Mendonça e Ângelo Campos, e o diretor Ricardo de Barros, optaram por não tirar férias, após saída da Rede TV! e entrada na Band...

 

  • ...Já na terça-feira, eles iniciaram reuniões para discutir a montagem de equipe e a estreia do “Perrengue”, marcada para novembro.

 

  • Patricia Abravanel assume parte do “Programa Silvio Santos” neste domingo...

 

  • ...Ela apresentará o “Jogo das Três Pistas”. 

 

C´est fini

Na terça-feira a Globo decidiu acabar com “Malhação” e mandou inclusive cancelar “Eu Quero é Ser Feliz” que já estava em produção. Dois fatos: a decisão surgiu durante as férias de José Luiz Villamarim, número 1 da Teledramaturgia. Por outra, soou como lambança, porque dias antes o projeto havia sido aprovado.

 

 Então é isso. Tchau!

Comentários
×