Pedras

Com quase cinco mil visualizações e 53 compartilhamentos até ontem à tarde, [horário de fechamento da coluna], o ex-prefeito Aristides Salgado segue bombando nas redes sociais. O desabafo por causa das pedras no ginásio poliesportivo projetado por ele, que é arquiteto, caiu no gosto popular, pois obra de arte tem assinatura e artista não admite intervenções, notadamente os da área arquitetônica e design de interiores.

 Led 

Por seu lado, a Secretaria Municipal de Esportes se defende afirmando que se trata de uma adequação em todo o ginásio, com troca da iluminação por lâmpadas de led, reparos nas grades de proteção, melhorias nos vestiários e reparo da fachada. E que as pedras receberão uma camada de cimento para conter a infiltração. A previsão é que as obras estejam concluídas até o dia 20.

 Doutor Maravilha 

1º de dezembro foi o Dia Mundial de Luta Contra a Aids, mas o mês inteiro será dedicado para orientações ao enfrentamento do HIV/Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). As ações são desenvolvidas pelo Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), Movimento LGBT e Ongs, porque em 2017 o governo federal não destinou um centavo sequer para esclarecer a população sobre os números assustadores da doença.

 Sífilis 

Em Divinópolis, não há estatística geral, mas, atualmente, pelo SUS, há 478 pessoas em tratamento na cidade e 1.711 na região. Também inexistem dados sobre a rede particular e nem sobre pacientes que tratam em outras cidades. Segundo o presidente do Movimento Gay de Divinópolis (MGD) e membro do Conselho Municipal de Saúde, José Marcelo Davi, o mais grave de tudo isso, é que o país vive uma epidemia de sífilis e o governo faz vistas grossas para a realidade.

 Trovada 

José Marcelo explica que o governo federal não destinou nem um centavo para campanhas de conscientização sobre doenças sexualmente transmissíveis, mas em contrapartida lançou no mercado mais uma panacéia em forma de medicamento milagroso. “Denominado Trovada, o remédio tem efeito colateral muito forte e há gays e héteros comemorando, mas não somos bobos porque na verdade o governo quer é nos mandar para as farmácias comprar o remédio”. Marcelo alerta que o Trovada será distribuído apenas em 35 municípios e em Minas Gerais só irá para Belo Horizonte, onde sete mil pessoas terão acesso gratuito, em nível de experiência”.

 Palestras

 As manifestações estão sendo realizadas com verba de Ongs que apóiam a causa e ontem houve Roda de Conversa sobre o tema no auditório da Faced. Os palestrantes foram Leonel Cardoso (psicólogo e doutorando em psicologia pela Uemg), Marcos Vinícius Borges Tadeu (infectologista e emergencista em Belo Horizonte e idealizador do canal no Youtube “Doutor Maravilha: saúde para a população LGBT”, além do médico infectologista e professor na UFSJ, Gustavo Machado Rocha.

 Mulher

 Camila Moraes Miranda é a nova  presidente da União Estudantil Divinopolitana (UED). Aos 18 anos e cursando o segundo período de jornalismo na Uemg, ela vai estabelecer novas formas de dialogar com a sociedade e valorizar o potencial universitário da cidade, hoje com 21.600 alunos em cursos superiores.

Comentários
×