Pedágio tem aumento amanhã

 

Matheus Augusto

Entra em vigor a partir de amanhã, os valores atualizados das tarifas de pedágio nas rodovias de responsabilidade da AB Nascentes das Gerais. A partir desta quinta-feira, as tarifas vão ser reajustadas em cerca de 5%. Para automóveis, isso significa um aumento de R$ 0,30. O impacto para os motociclistas é menor, sendo de R$ 0,10.

O aumento, como previsto no contrato, é reajustado, anualmente, em 13 de junho. O acréscimo tem como base o Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA).

A concessionária é responsável pelos seguintes trechos: MG-050 (entre Juatuba e São Sebastião do Paraíso), BR-265 (em São Sebastião do Paraíso) e BR-491 (também em São Sebastião do Paraíso).

Aumentos

O pedágio para automóvel, caminhonete e furgão, de dois eixos, passará de R$ 5,90 para R$ 6,20. O menor aumento será para motocicleta, motoneta e bicicleta a motor, que terá um aumento de dez centavos, passando a custar R$ 3,10.

Para caminhão leve, ônibus, caminhão-trator e furgão, com dois eixos, a tarifa será alterada de R$ 11,80 para R$ 12,40. Automóvel com semirreboque e caminhonete com semirreboque pagam R$ 9,30, valor R$ 0,40 do que o cobrado anteriormente.

Caminhão, ônibus, caminhão-trator e caminhão-trator com semirreboque, com três eixos, terão a tarifa determinada em R$ 18,60. Para esses veículos, o valor era de R$ 17,70.

Automóvel com reboque e caminhonete com reboque, que antes pagavam R$ 11,80, agora vão desembolsar R$ 12,40 para passar pelo pedágio. Também com quatro eixos, ônibus, caminhão com reboque e caminhão-trator com semirreboque tem a tarifa determinada em R$ 24,80. O preço praticado em 2018-2019 era de R$ 23,60.

Para caminhão com reboque e caminhão-trator com semireboque, o aumento difere de acordo com a quantidade de eixos. Com cinco, o valor passa de R$ 29,50 para R$ 31. Com seis, a tarifa será reajustada de R$ 35,40 para R$ 37,20.

Isenção

Veículos das forças policiais e militares, ambulâncias e do Corpo de Bombeiros possuem isenção da tarifa. Automóveis da Secretaria de Estado de Transporte e Obras Públicas de Minas Gerais (Setop), do DER-MG e Polícia Rodoviária Estadual também estão isentos.

 

Comentários
×