Peça ‘Tempo de Águas’ será apresentada no Gravatá

Jorge Guimarães

O Grupontapé, de Uberlândia, apresenta-se na próxima segunda-feira, dia 25, às 19h, no Teatro Usina Gravatá, com a turnê mineira do espetáculo “Tempo de Águas”. Além disso, a trupe promoverá o compartilhamento do processo de montagem da peça, logo após a apresentação. A entrada é gratuita.

“Tempo de Águas” é o mais recente trabalho do Grupontapé de Teatro, com texto inédito no Brasil. Sob a direção de Inês Peixoto, a temática do espetáculo está ligada ao feminino, provocando, durante o encontro com a plateia, reflexão com sensibilidade.

Com 23 anos de estrada, o Grupontapé é um dos mais tradicionais grupos de teatro de Uberlândia. A companhia tem montagens próprias e textos de vários autores. Mantém, desde 2001, o espaço da Escola Livre do Grupontapé: um lugar de formação, fomento e intercâmbio cultural da cidade, onde é atuante na organização e na representação política da atividade teatral.

Turnê

A turnê contemplará, ao todo, quatro cidades de Minas Gerais e, além de Divinópolis, o grupo também se apresentará em São João del-Rei, Tiradentes e Barbacena.

— O espetáculo é inédito em todas essas cidades e, para além disso, essa turnê significa para nós reforçar laços e fortalecer redes culturais mineiras. Em São João del-Rei e Tiradentes, encontramos com nosso grupo-irmão, parceiros de longa data, o Teatro da Pedra, que faz um trabalho incrível naquela região. Divinópolis tem uma produção cultural intensa e sempre fomos bem recebidos, sem contar no charme do Teatro Usina Gravatá e finalizamos apresentando na sede do Grupo Ponto de Partida, em Barbacena, um dos grupos mais importantes da cena mineira e do Brasil e uma das nossas referências. Cada cidade escolhida teve sua motivação — comenta a diretora do Grupontapé, Katia Bizinotto.

Sinopse

Uma mulher velha e uma mulher jovem. Confinadas por causa de uma tempestade, refletem sobre a condição de suas vidas em meio a atritos e entendimentos. Um encontro inesperado que traz à tona revelações de um universo feminino, sobretudo humano.

Comentários
×