PEC é campeão invicto

Tupy goleia Padre Eustáquio e conquista o Juvenil

 

 

José Carlos de Oliveira

As finais do Campeonato da Cidade, nas categorias de juniores e juvenis, foram disputadas na manhã de domingo. A rodada dupla foi realizada no estádio Mendes Mourão, campo do Flamengo, na beira da linha.

 A festa começou antes mesmo de a bola rolar, nas arquibancadas do estádio, com uma grande presença de torcedores acompanhando os dois duelos finais, com direito a comemorações dos dois lados. Se a torcida do Tupy viu seu time cair na final para o PEC nos juniores, foi para Carmo do Cajuru festejando a conquista da categoria Juvenil, com direito a goleada por 6 a 1 sobre o Padre Eustáquio.

Campanha invicta

 Na preliminar de domingo, na beira da linha, o Tupy mostrou porque é o melhor time da cidade na categoria Juvenil. No duelo frente o Padre Eustáquio, o Galo não deu chance para o adversário e a goleada por 6 a 1 mostra bem como foi a partida.

Para chegar à conquista do Campeonato da Cidade, o time de Cajuru fez campanha invicta, com sete vitórias, 38 gols marcados e apenas dois sofridos, com saldo de 36 gols.

 Campeão 100%

 Na final da categoria de Juniores, no jogo de fundo da rodada dupla, PEC e Tupy fizeram um grande jogo. Melhor time da competição, invicto e com 100% de aproveitamento na competição, o Projeto Esportivo Candelária (PEC), fez valer sua superioridade técnica, vencendo o jogo por 2 a 0, coroando com a taça a excelente campanha no campeonato.

Os gols da partida foram marcados um em cada tempo. No final da primeira etapa, em jogada pela direita, Ythallo Resende recebeu grande passe e sem marcação tocou no canto direito do goleiro, para abrir o marcador. O segundo gol veio na metade da etapa final. Ythallo foi derrubado na área, pênalti, que o próprio Ythallo converteu, fez 2 a 0 no placar e deu número finais à partida.

A arbitragem PEC 2 x 0 Tupy foi de Douglas Henrique, auxiliado por Fábio Santos e Eder Junior.

 Campanha irretocável 

Para chegar ao título da temporada, o time Sub-20 do Candelária fez uma campanha irretocável, com 100% de aproveitamento. Venceu os 11 jogos que realizou, oito pela fase de classificação e três nos mata-matas, com 37 gols anotados e apenas sete sofridos, saldo de 30 gols.

 Os campeões 

Na partida final, contra o Tupy, o técnico Amauri Reis escalou o PEC com: Vitinho; Vinicius Reis, João Vitor Justino, Gelsinho e Iaguinho; Pulga, Lucas César, Ythallo Rezende e Tulinho; Leo Choro e Iury Henrique.

Ainda entraram no decorrer da partida, Pedro, no lugar de Pulga; João Pedro, na vaga de Gelsinho; e Ives Pelegrino, em substituição a Leo Choro.

 Premiação 

A cerimônia de premiação ao campeão (PEC) e ao vice (Tupy), além dos destaques do Campeonato da Cidade, na categoria Sub-20, ocorreu no final na partida.

O artilheiro do campeonato foi Ythallo Resende, do PEC, com 14 gols; o goleiro menos vazado foi Vitinho, também do PEC.

Pelo conjunto da obra, pelo trabalho que desenvolve à frente PEC há vários anos, o técnico Amauri Reis, recebeu do presidente da Liga Municipal de Desportos de Divinópolis (LMDD), José Roberto Betoni, uma placa pelo trabalho realizado.

 

 

 

Comentários
×