Passagem do transporte coletivo não sofre reajuste para 2019

Da Redação

Uma ação inédita nos últimos anos em Divinópolis: na virada de ano não houve o tradicional reajuste da tarifa do transporte coletivo. A decisão foi do Prefeito de Divinópolis, Galileu Teixeira Machado, que, após analisar as planilhas de custos elaboradas pelo Conselho Municipal de Trânsito (Comutran) e do sindicato das empresas de transporte, resolveu manter o mesmo valor da tarifa.

Em uma entrevista coletiva, no começo da tarde da última segunda-feira, 31, em seu gabinete no Centro Administrativo, Galileu Machado, explicou aos jornalistas a decisão do município.

—Analisamos todos os dados, levando em conta os reajustes dos insumos e outros custos. Porém, é preciso colocar como uma questão primeira à situação econômica da nossa população. Por isso dessa minha decisão—, destacou o Prefeito, ao anunciar que não reajustará à ‘passaginha’, como é popularmente chamada à tarifa de coletivo na cidade.

O prefeito revelou o valor do vale transporte apresentado pelo Comutran de R$ 4,19 e R$ 4,41 sugerido pelo sindicato.

Galileu destacou a contribuição de todos envolvidos para manter o valor de R$ 4,05 da tarifa para o próximo ano.   

—Trata-se de um momento de sacrifício para todos. Reconhecemos o esforço das empresas no sentido de garantir um transporte público de qualidade e acessibilidade, mas todos temos que dar nossa contribuição—, reforçou.

Comentários
×