Pão, leite e manteiga têm alta no preço em Divinópolis

Café em pó foi único item dos quatro principais da primeira refeição a ter queda do valor

Pablo Santos

Três dos quatro itens básicos do café da manhã do divinopolitano registraram alta de preço em agosto na comparação com julho, de acordo com os dados do Núcleo de Pesquisas Econômicas (Nupec) da Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis de Divinópolis (Faced). Leite, pão francês e manteiga sofreram reajuste. Em contrapartida, o pó de café teve retração no valor pelo segundo mês seguido.

A manteiga subiu 5,85% em agosto. O pote de 750 gramas está valendo nos supermercados da cidade R$ 23,73. O litro do leite tipo C nos estabelecimentos pesquisados em Divinópolis está cotado a R$ 2,50. O valor 1,1% mais alto na comparação com a pesquisa de julho do Nupec.  Em junho para agosto o leite tinha sofrido uma retração de 2,4%.

O principal item do café da manhã com maior alta foi o pão francês. O produto assinalou acréscimo de 7,79% em agosto frente a julho e passou a custar R$ 10,45 o quilo, em média, nos supermercados da cidade. Na pesquisa anterior o item estava cotado a R$ 9,40, depois de registrar queda de 2,82%.

Principal componente na fabricação do pão francês, a farinha de trigo, negociada quase sempre em dólar, ficou mais cara e influenciou no produto. Dados recentes do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) mostram que o preço médio do trigo apresentou uma alta de 3,18% em julho. No entanto, o movimento de alta dos preços do trigo em grão perdeu força nos últimos dias e o preço caminha para cair neste mês.

Causa

Ainda segundo os pesquisadores do Cepea, a proximidade da colheita afastou moinhos do mercado interno, enfraquecendo a demanda. Além disso, o maior volume importado em julho limitou as altas do cereal. No mercado de derivados, a moagem diminuiu, reduzindo a oferta de farinha e farelo. A demanda, no entanto, esteve aquecida, impulsionando os valores da maioria dos subprodutos.

Café

Somente o pó de café registrou queda em agosto, conforme registrado acima. O item chegou a cair nas prateleiras dos supermercados divinopolitanos 2,07%. O pacote de 500 gramas custa em média R$ 12,11. No levantamento de julho, o café em pó também apresentou queda. No entanto, foi um leve declínio de 0,03%.

Comentários
×