Pão e circo

Pão e circo

Pode se chamar disso, de confusão, de informações desencontradas, de jogar para a plateia. Qualquer um destes termos se encaixaria perfeitamente na situação da Câmara de um ano para cá. Aliás, só piorou porque esta legislatura vem deixando a desejar em quase tudo. Olha que esta opinião não é somente desta articulista, mas de muita gente em todos os cantos da cidade. Claro que nem todo mundo lá pode ser jogado no mesmo balaio, no entanto, é bom todos ficarem de orelha em pé porque não está havendo esta distinção. Até que ponto o espetáculo vale a pena? Vale refletir.

Vota ou não

É tão bizarro que lembra o refrão de uma música que diz o seguinte: “eu boto ou não boto? Ah, eu tô com medo”.  Assim estava o imbróglio envolvendo a exoneração do secretário de Agronegócios, Hilton de Aguiar (MDB), suplente de Edsom Sousa na votação da admissibilidade do pedido de impeachment do prefeito Galileu Machado (MDB), até o fechamento desta coluna. Isso porque o vereador autor da denúncia iria protocolar requerimento solicitando à Procuradoria da Casa que Hilton não votasse, sob a alegação de que ele é da base. Para o denunciante, não haveria imparcialidade. E olha, minha gente, como dizem na minha terra, todos os envolvidos pertencem ao mesmo partido.

Concorrentes

A exoneração de Hilton foi publicada no Diário Oficial dos Municípios Mineiros ontem. Isso porque a votação já ocorre na reunião da Câmara de amanhã. O secretário deve retornar ao cargo ainda nesta sexta feira, 18. Mas vai que a admissibilidade é acatada. Na política pode se esperar de tudo. Ainda mais considerando que Hilton tem três adversários no Legislativo. Os três defendem a região Sudeste de Divinópolis, já que são moradores de lá, e dois deles, a comunidade rural de Buritis.

Conflito?

Quando muitos falam que a maioria das brigas entre os políticos acontecem somente em público e que nos bastidores a coisa é bem diferente, pode acreditar. Fontes revelaram à coluna que tinha vereador que mete o pau em Galileu nos discursos que faltou falar que ele é seu grande ídolo na política, mas quase. Ficou no: o senhor é uma pessoa séria, de caráter íntegro e um grande administrador dos pobres. “O que existe são só conflitos.” Ou fingimento? Não surpreenderia. 

 Dança das cadeiras

Os nomes de pré-candidatos a prefeito já rolam de boca em boca. A eleição de 2020 pode ter recorde de candidatos: Galileu Machado (MDB), Jaiminho Martins (Pros), Marquinhos Clementino (PRB), Dr. Delano (MDB), Sargento Elton (Patriota), Cleitinho Azevedo (CDN), Dra. Heloísa, Alexandra Galvão, Josafá Anderson (PSD), Eliana Piola (PSDB), Demetrius Pereira (sem partido), Sérgio Bebiano e Fernando Malta (PSL). Todos esses, mesmo que nos bastidores, já foram citados em alguma situação. O problema é que, ao contrário das eleições anteriores, a maioria esmagadora não tem certeza do partido. Portanto, muitas danças das cadeiras ainda vão acontecer e alguns ficarão sentados no chão.

Comendador

E ainda no MDB, O Dr. Delano foi condecorado com a medalha de “Mérito da Ordem Cívica” pela Sociedade Brasileira de Heráldica e Humanística, tornando-se, assim, um Comendador. O evento foi realizado no último dia 10, na Câmara Municipal de São Paulo. Ele recebeu a medalha em reconhecimento ao exemplo de cidadania por seus trabalhos junto a comunidades carentes, como médico. Parabéns ao médico/vereador/comendador.

Substituto

Ernesto Pousada será o novo diretor-presidente da VLI, a partir do próximo mês. O executivo irá suceder Marcello Spinelli, que ficou no cargo até maio último. Paulista, de 52 anos, Ernesto Pousada construiu sua sólida carreira exercendo cargos executivos no Brasil e no exterior, e atualmente ocupa a posição de CEO para a América do Sul na Ingredion. Atuou ainda em grandes empresas como a Dow Chemical e a Suzano Papel e Celulose, onde comandou importantes projetos para o setor de infraestrutura.  Durante o período de transição e até a posse, a VLI conta interinamente com o comando de Humberto Freitas, considerado um dos principais mentores e responsáveis pela origem e estratégia de negócios da companhia desde a sua fundação.

Comentários
×