Orçamento de Divinópolis para 2019 é aprovado

Da Redação

O prefeito Galileu Machado (MDB) sancionou a aprovação do orçamento de Divinópolis para o próximo ano. Segundo a publicação, a despesa fixa não poderá ultrapassar o valor de R$785.464.332,00, que reflete os ganhos da cidade.

A planilha define a expectativa de arrecadação de pouco mais de R$172 milhões em receitas tributárias (imposto e taxas, por exemplo). Também é esperada a arrecadação vindas de outras fontes, como a renda gerada pelos patrimônios do município. Ao todo, a cidade deve acumular mais de R$785 milhões, devendo ser o limite para os gastos.

Despesas

Dentre as áreas, a maior parte da verba será empregada em saúde e educação, apesar dos atrasos nos repasses estaduais neste ano: serão cerca de R$254 milhões e R$139 milhões, respectivamente. A área de saneamento prevê gastos de R$21.878.000,00. A Secretaria de Operações urbana recebe R$49.895.753,96.

Outra despesa esperadas são aproximadamente R$87 milhões com a Previdência Social. Já a cultura receberá um investimento de pouco mais de R$6 milhões. A área de segurança pública obtém, ao longo do ano, a verba de cerca de R$383 mil.

Os gastos com o Instituto de Previdência dos Servidores do Município chegaram a mais de R$122 milhões. Com todos esses investimentos, mais as despesas em outras áreas (podem ser acessadas em: http://www.diariomunicipal.com.br/amm-mg/) devem custar a Divinópolis R$767.122.000,00.

Pode mudar

Ao longo do ano, não é raro ocorrer mudanças no orçamento. Isso devido à possibilidade do Executivo ser autorizado a abrir créditos suplementares de até 20% do valor fixo. Segundo o órgão, essas medidas são adotadas a fim de alcançar um equilíbrio financeiro ao longo do ano.

Comentários
×