Operação prende suspeito de integrar quadrilha de tráfico de drogas

Da Redação

A Sétima Região da Polícia Militar (PM) iniciou nesta sexta-feira, 25, em 50 cidades e 40 distritos, a “Operação Minas Segura – Repressão Qualificada”. Em Divinópolis, os militares também estão mobilizados e promovem a ação durante todo o dia de maneira ininterrupta. Até as 13h, quatro suspeitos já haviam sido presos.

Em cumprimento a um mandado de busca e apreensão, às 7h01, os policiais foram até a residência de um homem, de 26 anos, com passagens por tráfico de drogas, assalto e desacato. Durante as buscas foram encontrados três tabletes de maconha, sete buchas de maconha e 11 endolas de cocaína, R$ 130 em dinheiro, uma munição calibre .22, materiais para embalar drogas e um rádio tranceptor, com carregador, na frequência da Polícia Militar em Divinópolis.

Quadrilha

Em outro mandado, desta vez na residência de um homem, de 19 anos, com passagens por roubo, os militares apreenderam duas porções de maconha e R$ 185. Segundo a PM, ele é suspeito de integrar uma quadrilha de tráfico de drogas e roubo a mão armada. O homem foi preso e encaminhado à Polícia Civil (PC).

Por volta das 6h, os militares prenderam uma mulher, sem idade informada, na rua Francisco Lamonier, no bairro Mangabeiras, em cumprimento a um mandado de busca e apreensão por tráfico de drogas. Uma bucha de maconha e R$ 144 em dinheiro foram apreendidos. Ela foi presa e conduzida à delegacia da PC.

Durante as ações, a Polícia Militar também prendeu um foragido da Justiça. A prisão aconteceu na rua Alcobaça, no bairro Jardim das Oliveiras. A idade do suspeito e seu respectivo crime não foram informados.

Região

A Polícia Militar informou que entre 6h e 12h desta sexta-feira, 21 pessoas foram presas ou apreendidas. Além disso, os militares realizaram a apreensão de três armas de fogo, 79 munições, 20 buchas ou tabletes de maconha e 15 endolas de cocaína. Onze mandados de prisão e 34 de busca e apreensão foram cumpridos.

Operação

A operação tem o objetivo principal de aumentar a presença de policiais em pontos estratégicos das cidades. Estão sendo realizados mandados de busca e apreensão, blitz de trânsito nas principais vias de acesso –entradas e saídas – dos municípios, batidas policiais nas chamadas zonas quentes de criminalidade, visibilidade em locais de grande movimentação de pessoas e veículos, intensificação das abordagens, bem como o máximo de apreensões de armas de fogo, drogas e captura de indivíduos com mandados de prisão em aberto.

 

Comentários
×