Operação contra pedofilia apreende dispositivos em Divinópolis

 

Gisele Souto

Desencadeada ontem em vários estados, a operação “Luz na Infância 2” teve desdobramentos em cidades do Centro-Oeste de Minas, incluindo Divinópolis. Com coordenação do Ministério da Justiça, é considerada uma das maiores ações do mundo de combate à pedofilia. Durante todo o dia, a Polícia Civil cumpriu 68 mandados de busca e apreensão em 32 cidades. Os alvos, além de Divinópolis, foram Carmo do Cajuru, Formiga e Pará de Minas.

Os suspeitos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública com base em informações coletadas em ambientes virtuais.

Cidades da região

Em Carmo do Cajuru, não foi identificado nada de suspeito, apenas equipamentos eletrônicos apreendidos para perícia, mas inquérito foi Instaurado. Já em Divinópolis, foram apreendidos vídeos e localizadas imagens suspeitas. O proprietário não foi autuado em flagrante, houve apenas instauração de inquérito. O mesmo ocorreu em Formiga. Foram apreendidos um celular e um pen drive. O suspeito foi identificado, mas não localizado. Também foi instaurado inquérito.

Pará de Minas foi a única cidade da região a ter uma pessoa presa. Na cidade, foi cumprido um mandado de busca e apreensão na residência de um suspeito, sendo localizados, no computador pessoal, diversos vídeos eróticos com participação de menores. O suspeito, de 42 anos, foi conduzido à delegacia, juntamente com o material, para exame pericial.

Materialidade

De acordo com nota do ministério, diversos suspeitos foram presos em flagrante. Diz ainda que os alvos foram identificados por meio de material obtido em ambientes virtuais. De acordo com os investigadores, esse material representa “indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva”.

 

Comentários
×