Ocupação de leitos para pacientes sem covid-19 chega 90% em Divinópolis

Da Redação

A ocupação dos leitos de UTI em Divinópolis está em situação cada vez mais crítica. Segundo dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) no último domingo, 11, a cidade conta com 88,41% de ocupação dos leitos de UTI para pacientes sem covid-19, tanto na saúde complementar, quanto no SUS.

Na saúde suplementar a situação é a mais desesperadora. Divinópolis conta com 39 pacientes nesses leitos de UTI, ocupando, assim, 100% de sua capacidade máxima.

No SUS, a situação não melhora muito. São 22 pacientes internados, contabilizando 73,33% de ocupação. Em suma, existem apenas 8 leitos livres de UTI na cidade para pacientes sem covid-19, todos no Sistema Único de Saúde.

 

Para Covid-19

 

Com a chegada do coronavírus, vários leitos de UTI da cidade foram modificados a fim de atender as condições de quem contraía a doença ou apresentava suspeita.

Na saúde suplementar, dos 39 disponíveis, 16 estão ocupados. Já no SUS, dos 35 disponíveis, 9 estão sendo utilizados. Dos 74 leitos de UTI totais disponíveis na cidade para pacientes com covid-19, na saúde suplementar e no SUS, 25 estão ocupados, representando 33,78% da capacidade máxima.

 

Enfermaria

 

As enfermarias são destinadas, na maioria das vezes, a pacientes que são assintomáticos (sem sintomas da doença), para aqueles que não apresentaram sintomas muito dolosos e para os que não correm risco de vida no instante em que foram internados.

Na saúde suplementar de Divinópolis, dos 79 leitos de enfermaria para pacientes com coronavírus disponíveis, 19 estão sendo utilizados, representando 24,05% de ocupação. Já no SUS, dos 56 leitos disponíveis, 18 estão sendo ocupados, representando 32,14% de utilização.

Em números totais, Divinópolis conta com 135 enfermarias disponíveis para abrigar pacientes com suspeita ou confirmação de covid, tendo 37 pacientes as utilizando, representando 27,41% de ocupação.

 

Resumo

 

O total de pacientes internados sem suspeita ou confirmação de coronavírus atingem o número de 61, contabilizando 88,41% de ocupação.

Já o total de pacientes com suspeita da doença chega a 62, utilizando 29,67% dos leitos disponíveis.

No SUS, a ocupação de leitos para pacientes com covid-19 chega a 29,67%, com 27 pacientes utilizando.

Taxa de isolamento social na cidade está abaixo do recomendado

A Semusa também divulgou a taxa de isolamento social.  A cidade com apenas 32% de índice, número bem abaixo do que é recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a qual afirma que, para conter a propagação em massa do coronavírus, a taxa ideal seria de 70%.

 

 

Comentários
×