Ocorrências em bueiros lideram chamadas, diz gerente da Defesa Civil

Rafael Camargos

O grande volume de chuva que atinge todo o Estado deve durar mais alguns dias. As previsões apontam que tempo segue instável, devido às áreas de instabilidade atmosférica geradas pela Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS).  Consequentemente, hoje, 13, o dia deve ser chuvoso.

As temperaturas permanecem estáveis. Em Divinópolis, por exemplo, o céu continua entre parcialmente nublado a nublado com possibilidade de chuva em áreas isoladas. A umidade relativa do ar vária entre 40 e 85% e os termômetros podem chegar aos 31°C.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), no fim de semana esse cenário pode mudar, mas ainda merece atenção.

O grande volume de chuvas ocorrido nos últimos dias, fez com que a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros trabalhassem um pouco mais. As equipes estiveram nos últimos dias, em diversas ruas da cidade atendendo ocorrências de diversos tipos, mas o que chama atenção é o entupimento de bueiros.

De acordo com o gerente da Defesa Civil em Divinópolis, Gilberto Gonçalves, as ocorrências mais comuns foram as em bueiros.

— Atendemos diversas ocorrências, deslizamentos, queda de árvores, mas tivemos muitas ocorrências de bueiros entupidos — comentou.

Casos

De acordo com o relatório da Defesa Civil, no fim da semana passada, os técnicos foram acionados para vistoriar um bueiro entupido na avenida JK, perto da rodoviária. Com o acumulo de entulhos houve alagamento, situação muito comum naquele local, em períodos chuvosos.

Também foi registrada vistoria a rua Vereador Waldemar Rausch, próximo ao Hospital Santa Lúcia no bairro Santa Clara. Lá houve deslizamento de terra invadindo a rua. O caso foi encaminhado para a Secretaria de Obras.

Uma Árvore de porte grande caiu na rua Ubirajara Santos em frente o número 211, no nairro Universitário.

Gilberto explica que a população deve ficar atenta com as áreas de risco na cidade, principalmente em locais próximos a rios e córregos. O motorista também deve ter atenção ao estacionar, e sempre observar árvore e postes, recomenda o gerente.

Limpeza

A Prefeitura de Divinópolis continua com equipes realizando limpeza em diversos córregos do município. Uma equipe composta por dez profissionais faz trabalho manual de roçado, desobstrução de manilhas e retirada de lixos para a água não ficar represada e evitar possíveis focos do mosquito transmissor da dengue.

De acordo com diretor de Operações e Serviços Urbanos, Rodrigo Álvares Assis, ontem, a equipe de limpeza trabalhou no córrego Olhos D’água no bairro Belvedere.

— O grupo desobstruiu as manilhas que estavam com entulhos, e até árvores estavam impedindo o escoamento da água da chuva — destacou.

Desde o começo do ano, as equipes já limparam os córregos do Bagaço que corta os bairros Anchieta, Nova Fortaleza, Serra Verde e Nossa Senhora da Conceição. O Olhos D’água, que perpassa os bairros Belvedere, Bela Vista e Belvedere II, margeando a Rua Martin Cyprien já tinha recebido a manutenção. Também foi limpo o córrego do bairro Belo Vale, que passa pelos bairros Jardim Betânia, São Roque e Rancho Alegre.

Foram retirados 40 caminhões com entulhos e lixos.

A Secretaria de Operações e Serviços Urbanos fez um cronograma para limpar todos os córregos.

— A limpeza dos córregos é feita com muita cautela; buscamos apenas limpar os cursos, que é um pedido muito frequente da população —afirmou Rodrigo.

Comentários
×