Obras na MG-050 param por um dia

 

Matheus Augusto

As obras de duplicação da MG-050, sobre o rio Pará, não caminharam ontem. Funcionários da empresa Construções Engenharia e Pavimentação Enpavi, contratada pela AB Nascentes das Gerais, entraram em greve. Cerca de 20 trabalhadores, que executam a obra de duplicação da MG-050, sobre a ponte do rio Pará, optaram pela paralisação por atrasos na folha salarial e vale-alimentação.

Apesar da situação, os funcionários já devem voltar a trabalhar no local hoje. Caso os pagamentos continuem a atrasar, uma nova greve pode ser convocada.

Na hipótese de a empresa terceirizada não arcar com as obrigações com os funcionários, a AB Nascentes das Gerais poderia assumir as responsabilidades e bancar outras despesas, conforme informações que circulam pelas redes sociais. A empresa não confirmou a questão ao Agora.

Motivos

Segundo um dos grevistas, a paralisação ocorreu ontem devido ao atraso dos pagamentos. Os salários têm sido quitados, porém após as datas estabelecidas, e o vale -alimentação não é pago há cerca de quatro meses. A promessa é de regularizar a folha salarial nesta sexta-feira.

O participante do movimento também relatou que as empresas evitam se responsabilizar, uma vez que a AB Nascentes das Gerais alega, aos funcionários, estar com os pagamentos em dia e a empresa terceirizada afirma haver débitos.

Esperada

A greve foi, inclusive, adiada. A intenção dos trabalhadores era de iniciar a paralisação durante a vinda do secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), Marco Aurélio de Barcelos Silva, que aconteceu na terça-feira, 21.

O secretário veio à cidade para visitar e avaliar a situação das obras da AB Nascentes das Gerais. Segundo Marco Aurélio, a empresa apresentou os cronogramas para as atividades na cidade, que serão analisados pela Setop.

O presidente da AB Nascentes, José Renato Ricciardi, também se encontrou com o secretário e afirmou que a reunião foi produtiva para fortalecer a relação entre Estado e iniciativa privada. Ainda de acordo com José, a obra na ponte sobre o rio Pará e um trecho que vai até o acesso do bairro Distrito Industrial devem ser concluídas ainda neste ano. O fim da avenida JK, que faz ligação com a MG-050, também deve ser entregue até dezembro. A duplicação completa da rodovia deve acontecer até 2021.

AB Nascestes das Gerais

Segundo a concessionária, os pagamentos à empresa terceirizada estão regulares.

— Importante ressaltar que os compromissos financeiros da AB Nascentes das Gerais junto à empresa contratada para a execução das obras de implantação de nova ponte sobre o Rio Pará estão em dia, não havendo atrasos em pagamentos — informou a empresa. 

 

Comentários
×