Obra de Vladimir será entregue por Galileu em 1º de junho

 

 

Pollyanna Martins 

O prefeito de Divinópolis, Galileu Teixeira Machado (MDB), entregará no aniversário da cidade, em 1º de Junho, o complexo esportivo do bairro Planalto. A obra foi anunciada pelo ex-prefeito Vladimir de Faria Azevedo (PSDB) em agosto de 2015.

Vladimir assinou a ordem de serviço para o início das obras no dia 10 de agosto daquele ano e a Construtora BR Leão seria a responsável pela construção. À época o ex-prefeito chegou a afirmar que a obra seria entregue em um ano.

Vladimir informou ainda que a construção seria feita graças a uma emenda do deputado federal Domingos Sávio (PSDB), de R$ 1 milhão. O ex-prefeito ressaltou também que o início das obras era motivo de comemoração para todos os envolvidos no processo, uma vez que o projeto enfrentou impasses ambientais para ser aprovado.

— Vamos resgatar um espaço que tem um tipo de ocupação por usuários de drogas e que será revitalizado também como um espaço adequado para a comunidade e para as famílias — disse.

Conforme afirmou o ex-prefeito de Divinópolis, além de beneficiar os moradores do bairro Planalto, a obra atenderia também aos moradores dos bairros Santa Luzia, Campina Verde, Casa Nova, LP Pereira, Ipiranga e Tietê. Após serem anunciadas, as obras duraram apenas quatro meses, quando a empresa responsável pela construção parou o serviço por falta de repasse.

A construção ficou parada durante oito meses e foi retomada só em agosto de 2016. Nesse primeiro impasse a Prefeitura alegou que aguardava o envio da verba, que era do Governo Federal.

 Enrolação 

Em seguida as obras do Município foram paralisadas por solicitação do atual prefeito, para serem auditadas. Em janeiro de 2017 o Poder Executivo prometeu a finalização da obra para três meses. Já em março do ano passado a Prefeitura alegou que a construção seria entregue em junho.

Em junho, quando ainda não estava concluída, afirmou que seria inaugurada em agosto. Em outubro do ano passado, a Prefeitura esteve perto de perder a verba disponível para a conclusão do complexo.

Na época a empreiteira que ganhou a licitação e realizava a obra alegou que os valores disponibilizados não condiziam mais com a situação atual do mercado e seria prejuízo para ela concluir o projeto.

A Prefeitura informou, por meio de sua assessoria de imprensa, neste período, que o valor de R$ 600 mil já estava disponível na Caixa Econômica Federal para conclusão do projeto e que não poderia haver reajustes além do que está previsto na legislação.

 Governo 

Sem dar mais detalhes de como conseguiu reverter a situação, a Prefeitura informou que as obras do foram retomadas em janeiro deste ano. O Executivo garantiu ainda que a obra será inaugurada no dia 1º de junho, aniversário de Divinópolis.

A Prefeitura não informou também qual empresa está concluindo a construção.

 

 

Comentários
×