O que temos para hoje?

Cresci em uma casa com quintal bem grande e todo plantado. Resumindo, cresci me alimentando da horta lá de casa. Todo dia, íamos até a horta saber "o que tinha para comer”. Colhíamos e preparávamos nossa refeição com base nesta resposta. Tudo muito simples, muito prático e delicioso. Foi assim que eu aprendi a gostar de tudo e de ter prazer em cozinhar. Hoje, muito tempo depois, vim saber que este modelo simples de alimentar talvez seja o mais correto e o mais rico em nutrientes. Legumes, frutas e verduras da estação, plantadas e colhidas em casa. Um tesouro!

Indo direto da horta para o mundo corporativo, hoje percebo as pessoas muito preocupadas em atingir a alta performance e em alcançar altos cargos em suas vidas profissionais. Muitas dessas pessoas estão empregadas, mas almejando a felicidade em outro lugar, provavelmente em uma empresa maior ou de maior importância e muito pouco preocupadas com o que se tem para hoje. Sendo assim, a comida de hoje, o emprego que o sustenta neste exato momento, perde por completo a importância.

Chamo a atenção para dois pontos. O primeiro trata-se do fato de que, para eu fazer bem o papel principal, eu tenho que primeiro fazer muito bem o papel de figurante. Depois vem o papel de coadjuvante e se eu o fizer maravilhosamente bem, aí sim pode ser que eu ganhe o papel principal. Então, indiscutivelmente, para eu saborear a comida maravilhosa de amanhã, eu preciso me alimentar do que eu tenho para hoje. Preciso experimentar, comer, saborear e perceber o quanto esta me sustentou.

O segundo ponto de atenção é a oportunidade. Onde estão as boas oportunidades? Lá longe? Lá naquele emprego dos sonhos onde todos parecem felizes? A oportunidade pode estar do seu lado, te observando como seu cliente ou admirando a sua forma de lidar com os seus colegas. Ah! essa tal oportunidade pode estar entre as frestas da porta, entre um corredor e outro. E quando menos você imaginar, ela passou por você e você nem viu.

Para fecharmos o raciocínio, eu convido você a olhar melhor para a sua horta hoje. Olhe para a sua horta de oportunidades. Perceba o que você tem, o que te espera, o que depende de você e faça disso o seu melhor jantar. Trabalhe saboreando com prazer o que a vida te oferece neste exato momento. Só assim você terá chances concretas de prover para si um futuro melhor.

leilarodrigues-palavras.blogspot.com.br

Comentários
×