O bolo da Paraná

Nos bastidores já circulam nomes de indicados pelos vereadores para cargos na Prefeitura. Haveria, inclusive, parente de parlamentar nomeado. Já tem gente elaborando uma lista detalhada. 

Efeito Marreco

 Depois do escândalo das gravações reveladas por Marcelo Marreco, muito político em Divinópolis começou a evitar telefonemas. Os mais experientes e antenados só fazem ligações pelo WhatsApp. Mal sabem que, colocando no viva-voz e usando um gravador ou outro telefone, dá para gravar do mesmo jeito.

 Crise da batata

 A crise instalada na Prefeitura após as gravações de Marreco colocou os ânimos à flor da pele. O estresse tirou a paciência de muita gente e já tem pelo menos dois ocupantes de cargo de primeiro escalão com a batata tostando.

 Tarzan x PM

 Causou mal-estar entre militares as atitudes do vereador César Tarzan (PP) a respeito do fechamento da companhia da PM no bairro Interlagos. Policiais garantem ter explicado tudo para ele. No entanto, isso não evitou que ele organizasse manifestação contra a medida.

 Desiludido 

O vereador Sargento Elton (PEN) revelou, durante reunião plenária, estar desiludido com a política e com os políticos. Fez o desabafo na terça-feira e pediu desculpas aos colegas. Segundo ele, um dos motivos é que, apesar da CPI, a Copasa ainda aumentou a taxa de esgoto.

 Fila de eleitores

 Como sempre, os divinopolitanos, como bons brasileiros, deixaram a regularização do título de eleitor para a última hora. Ontem, a fila dobrava quarteirão perto do Cartório Eleitoral. Cada pessoa ficou cerca de três horas na fila, segundo um dos atrasados.

 Bombeiros

 Aliados do Fernando Pimentel (PT) e do presidente da Assembleia Legislativa, Adalclever Lopes (MDB), correm para apagar o incêndio na relação entre os dois. Tudo teria origem em um desentendimento entre Lopes e o secretário de Governo, Odair Cunha. A dúvida é: os bombeiros conseguirão debelar as chamas de forma que não prejudique ainda mais as costuras pré-eleitorais de Pimentel.

 Guarani mira 2019

 A conquista do tricampeonato mineiro, no Módulo II, foi muito festejada por diretoria, jogadores, funcionários e comissão técnica do Guarani, mas agora já faz parte da história do Guarani. Com o retorno à elite do futebol mineiro assegurado, a meta agora é se preparar para fazer ainda mais bonito na próxima temporada.

 Sonhando alto 

E os objetivos de todos no clube são ousados. O Bugre não quer saber mais desta história de ioiô, subir num ano e penar para não cair no outro. A meta para o estadual de 2019 é brigar na cabeça, montando time para buscar a classificação para as fases decisivas do estadual.

 Parcerias 

Mas para que todos os sonhos se tornem realidade, é preciso que o Guarani encontre parceiros, empresários dispostos a investir no futebol, e ajudar o Bugre a alcançar lugares ainda mais altos no futebol mineiro e nacional.

 Bazar beneficente 

O Ministério Quero Viver – Igreja Batista da Fé e Projeto Quero Viver – promove neste sábado, 12, véspera de Dia das Mães, um bazar beneficente na igreja. O local será o templo da Batista da Fé, na rua Belvedere, 1591, no bairro Manoel Valinhas.

 Social

 Com roupas e calçados, novos e usados sendo vendidos a R$ 5, R$ 10, R$ 15 e R$ 20, o bazar ocorrerá durante todo o dia, com a toda a renda sendo revertida para trabalhos sociais da IBFe. São vidas investindo suas vidas em outras vidas.

 Museus 

O Centro de Memória Professora Batistina Corgozinho (Cemud), da Uemg em Divinópolis, participa da 16ª Semana de Museus. O evento é anual e realizado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), com o objetivo de comemorar o Dia Internacional dos Museus (18 de maio). No Cemud, as atividades ocorrem entre os dias 14 e 25 de maio.

Comentários
×