Número de mortes quase dobra nas rodovias do Centro-Oeste

 

Da Redação

O número de mortes nas rodovias que cortam o Centro-Oeste quase dobrou de 2017 para 2018 no feriado de 7 de Setembro. Os dados são da Polícia Militar Rodoviária (PMR) passados à reportagem ontem.

A operação do feriado foi realizada das 0h de quinta-feira, 6, às 23h59 do domingo, 9, de acordo com a PMR. Foram registrados 38 acidentes, 26 vítimas feridas e sete fatais. No ano passado, houve quatro vítimas fatais, 35 feridas, 30 acidentes e a ação ocorreu entre as 0h de quarta, 6 de setembro, e as 23h59 de domingo, 10.

Ainda segundo a PM, neste ano, foi empenhada uma média de 30 militares por dia na operação. A lei seca prendeu quatro pessoas por embriaguez ao volante e 300 condutores foram autuados por trafegar em velocidade acima do limite permitido na via.

Nascentes das Gerais

Já a concessionária que administra o Sistema MG-050/BR-265/BR-491, Nascentes das Gerais, informou que as vias receberam cerca de 205 mil veículos durante o feriado, entre a última quinta-feira, 6, e domingo, 9.

— Durante os quatro dias de operação especial do feriado da Independência do Brasil, foram registrados 13 acidentes. Em 2017, foram 16 ocorrências. Ainda nesse período, as viaturas de inspeção da AB Nascentes das Gerais realizaram 259 atendimentos a usuários da rodovia e os guinchos da concessionária, por sua vez, efetuaram a remoção de 224 veículos que apresentaram algum problema mecânico no Sistema MG-050 — informou a Nascentes.

 

 

Comentários
×