Número de homicídios em Divinópolis supera o de 2016

Rafael Camargos

Depois de longos 30 dias, Divinópolis registrou a 45º assassinato na cidade. Com isso, o número superou todo o ano de 2016, segundo os dados da Secretaria de Defesa Social (Seds), quando foram registrados 44. A vítima, Clarimelo Coelho da Rocha, um idoso de 70 anos morreu durante uma tentativa de assalto na noite de anteontem, 4, na comunidade rural do Quilombo, em Divinópolis.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o irmão da vítima, que mora numa chácara ao lado da casa, contou ter ouvido disparos de arma de fogo e se assustou. Depois de alguns minutos, ele foi ver o que tinha acontecido e encontrou o homem caído no chão com perfurações de arma de fogo.

Ainda conforme a PM, os suspeitos foram ao local para tenta roubar, mas, como não conseguiram, eles atiraram.

— O crime foi registrado como latrocínio tentado. A vítima não tinha antecedentes criminais. A perícia técnica da Polícia Civil esteve no local e constatou os disparos — informou a PM.

Aumento

A crescente onda de homicídios em Divinópolis é comprovada em números. No primeiro semestre foram 40, de acordo com dados da Polícia Civil. O aumento significativo foi o motivo que levou a Polícia Militar (PM) a convocar uma reunião, realizada ontem, na sede do 23º Batalhão, no bairro Afonso Pena.

No encontro, comandantes da Civil e Militar, Ministério Público (MP) e agentes penitenciários se uniram para traçar metas de atuação em combate à criminalidade.

 

Comentários
×