Novo presidente do Cruzeiro começa semana de transição

José Carlos de Oliveira

Reunião na manhã de ontem com membros do Conselho Gestor, que comandou o Cruzeiro desde a renúncia de Wagner Pires de Sá em dezembro do ano passado, marcou o início da semana dos trabalhos de transição na sede administrativa da Raposa. O presidente eleito na quinta-feira, 21, Sérgio Santos Rodrigues, foi recebido pelos diretores e iniciou a semana de transição, antes de assumir efetivamente a presidência do clube, em 1º de junho, para um mandato tampão até 31 de dezembro, quando assumem os dirigentes que vencerem a eleição de outubro próximo.

O presidente atual, José Dalai Rocha, disponibilizou para Santos Rodrigues uma sala na sede, onde ele e seus auxiliares mais diretos se inteirarão nos próximos dias de toda a situação administrativa e financeira do Cruzeiro.

Primeiros nomes

Assim que saiu o resultado da eleição na quinta-feira, o novo presidente celeste já começou a montagem de sua nova equipe. O primeiro nome a ser anunciado foi o do ex-atacante do clube, Deivid Corrêa da Fonseca, que também foi técnico do time na era de Gilvan do Pinho Tavares. O ex-centroavante foi convidado e aceitou trabalhar como diretor técnico, e ajudará Ricardo Drubscky no comando do futebol azul.

Outro nome anunciado no fim de semana foi o do médico Daniel Baumfeld, que será o superintendente da área médica, trabalhando junto a Sérgio Campolina, que continuará no comando do DM estrelado. Baumfeld, que é conselheiro, não terá remuneração pelo seu trabalho.

Financeiro

Para a área que terá mais responsabilidade na nova diretoria celeste, nesta fase de reconstrução do clube, a financeira, o primeiro nome foi anunciado ontem pelo novo presidente. O advogado Flávio Boson Gambogi aceitou o convite e será o superintendente jurídico da gestão Sérgio Santos Rodrigues.

Mais nomes

Outros dirigentes deverão ser confirmados ainda nesta semana, como o diretor financeiro Divino Lima, o superintendente comercial e de marketing Edson Potsch, filho do vice-presidente Lidson Potsch, e um profissional para projetos incentivados. Deis Chaves, que deixou o clube no início de 2018, é o preferido pelo presidente. André Argolo, atual diretor executivo, está cotado para assumir a pasta de relações institucionais do clube.

Comentários
×